Leitores Online

21 de mai de 2017

O Brasil precisa de um Governo Nacionalista


O Brasil se encontra nesse caos e em crise social, econômica e financeira porque só temos políticos que legislam em causa própria e em causa das grandes empresas do poder econômico nacional e principalmente as estrangeiras, em que ambas, possam fazer propostas de compra e venda, aos políticos sem honra e sem ética (mercenários). 

Os representantes do povo nada mais são do que um bando de corruptos entregando o país e a nação aos invasores estrangeiros e se vendendo como prostitutas aos grandes aglomerados da praça. 

O Brasil é o único país que se deixou dominar pelos invasores econômicos e financeiros sem que derramasse uma só gota de sangue em defesa da pátria. O Brasil foi invadido pelos piratas estrangeiros que tomou conta do comércio, indústria, e de todas as riquezas do solo e subsolo. Só deixando políticos sanguessugas que estão fazendo uma transfusão de sangue no povo brasileiro. 

As novas leis Trabalhistas, das Terceirizações e Previdenciárias não passam de uma armadilha contra os trabalhadores que retiram todas as conquistas e direitos sociais que conseguiram durante longos anos de lutas. Já não basta a lei aprovada da PEC 241 ou 55 que vai deixar o povo e os trabalhadores por 20 longos anos marcando passo com aumentos em cima de uma inflação mínima, enquanto os parlamentares ganham acima de R$ 180 mil por mês, e com as negociatas que elevam os seus ganhos para milhões de reais em propinas que recebem das empreiteiras para sangrar os cofres da União e do Erário Público deixando o Brasil numa situação de miséria social total, sem educação, sem segurança, sem saúde pública, sem infraestrutura, sem eira nem beira, tudo por falta de patriotismo; esses políticos são uma gang de mercenários ladrões que estão matando o povo lentamente de fome, de desemprego (recessão), de inflação, são uns assassinos e marginais que roubam a vista de todos e ainda tem a impunidade a seu favor e ainda tem um Exército Brasileiro que condecoram esses bandidos; já não fazem Exércitos como antigamente, (até tu, Brutus) pelo visto não temos a quem apelar, está tudo dominado e minado, quem diria que o Exército iria condecorar pessoas que foram perseguidas em 1964 na luta contra o comunismo e agora estão sendo homenageadas, é uma inversão de valores. “Me diz com quem andas que eu te direi quem és”. Agora vem o General do Exército dizendo: Se o clamor popular alcançar relevância, as Forças Armadas poderão ser chamadas a intervir, inclusive em defesa do Estado e das Instituições” mais clamor que está havendo, não há, o Brasil todo está indignado com esse lamaçal de imoralidade política e social econômica, não acredito nas palavras desses generais que estão sob o comando de um civil Raul Jungmann na pasta da Defesa e que, faz parte da cúpula de todos os políticos que estão investigados por corrupções. Não enganem os brasileiros com promessas vãs querendo fazer como os civis políticos emprenhando o povo pelo ouvido. 

Precisamos de um governo protecionista que defenda com unhas e dentes o seu povo e não um cardume de piranhas (corruptos e corruptores) que devoram a base sólida da nação e do país.

Não adiantam mudar de presidentes que não sejam nacionalistas, é trocar seis por meia dúzia, esses políticos antinacionais continuarão com leis austeras sufocando e exterminando o povo brasileiro. Já estão falando na candidatura do ministro da Fazenda Henrique Meirelles caso o presidente Michel Temer seja destituído de suas funções presidenciais. O Henrique Meirelles na presidência da República seria a continuação do Tsunami social e econômico-financeiro da nação e do país, uma verdadeira calamidade pública. Pois, ele foi o pai de todas as leis de austeridades que estão no Congresso Nacional para serem sancionadas e acabar com os direitos dos trabalhadores e sacrificar o povo em prol dos juros bancários que foram financiados aos governos anteriores.

Essa equipe de economistas antissociais que estão impondo leis antinacionais que escravizam o povo brasileiro dizendo que é melhor para o Brasil porque vai desenvolver o país com grandes investimentos multinacionais, é claro que os estrangeiros só virão dominar esse país se derem garantias de salários escravos dos trabalhadores e sem as suas conquistas sociais e também, isenções de impostos por toda vida. 

Afundaram a Petrobras que era a riqueza do Brasil e entregaram aos trustes. Se o petróleo antes não era nosso, eram das empreiteiras e dos políticos, agora é que não é mesmo, agora estão sob o domínio da Shell com ações majoritárias e com direito a voto. A Petrobras agora está como os políticos queriam uma empresa multinacional.

Querem transformar o Brasil num mercado chinês onde o trabalhador é um escravo do Estado, ganhando miséria de salários e sem nenhuma perspectiva de futuro. 

Os políticos brasileiros estão ganhando fortunas às custas da miséria do povo brasileiro para legislar em causa própria e contra esse povo abestado que pensa que os políticos se importam com essa etnia miscigenada (vira-latas) e os políticos se acham os nobres (sangue azul) dessa mesma etnia, me engana que eu gosto. Todos brasileiros sem exceção, somos uma etnia de vira-latas e que, deveríamos nos orgulhar dessa raça miscigenada, desde que lutássemos contra a invasão silenciosa das empresas estrangeiras tirando o pão de cada dia: do povo e das empresas nacionais (que estão falindo em massa e abrindo espaço para as estrangeiras) dominarem tudo e todos, deixando os trabalhadores a mercê de salários escravos.














Por: Ernani Serra 
Pensamento: Ética e honestidade é para quem tem consciência, só os bons cidadãos são providos desse estado moral.
Ernani Serra

19 de mai de 2017

Brasil Mafioso


Nesse Tsunami de corrupção que deixou um oceano de lama fétida em que o povo está sendo a vítima e o palhaço desse circo armado pelos políticos e empreiteiras.

De acordo com a enxurrada de denúncias e delações premiadas contra o presidente da República Michel Temer e todos os políticos do Congresso Nacional e de todos os políticos dos Estados e Municípios brasileiros; neste caldeirão da bruxa não vai escapar nenhum deles, vão todos para a sopa da bruxa.

O governo brasileiro não estava mais governando para o povo e sim, para os financiadores de campanhas, empreiteiras etc., que jorravam dinheiro nos Partidos Políticos, nas Campanhas Eleitorais, e nos bolsos desses “representantes do povo brasileiro”. Os políticos estavam reféns dos financiadores de dinheiro sujo e ilícito, portanto, não tinham mais tempo para governar para o povo e sim, para a prática da extorsão remunerada (propinas), era por isso que Henrique Meireles e sua trupe econômica só vinha elaborando leis austeras contra o povo e a favor dos poderosos do poder econômico e financeiro nacional e internacional. Essas leis que estavam no Congresso Nacional eram para sangrar os trabalhadores e o povo, enquanto isso o presidente Michel Temer estava perdoando dívidas e impostos de grandes capitais e de banqueiros.

A política brasileira está uma verdadeira Torre de Babel parece até um vespeiro com os políticos temendo os delatores que estão mandando brasa. No momento da Inquisição todos dizem que são inocentes, não parece um Congresso Nacional e sim, uma penitenciária onde todos se dizem inocentes.

Como disse numa conversa gravada por um delator: “o petróleo é nosso”, ele disse certo, a Petrobras não, e nunca foi do povo, sempre serviu aos interesses dos políticos e empreiteiras num leilão criminoso de toma lá, dá cá, e quem dá o maior lance. 

O que estão descobrindo é a ponta do Iceberg quanto mais se aprofundar mais corrupções irão encontrar nesse oceano gelado de dinheiro ilícito.

A Lava a Jato vai levar cem anos e não termina os inquéritos de corrupções é como um novelo de linha depois que desfia rola todo o novelo.















Por: Ernani Serra
Pensamento: A corrupção é como a linha do horizonte, nunca se chega ao fim.
Ernani Serra

18 de mai de 2017

Sonegômetro Imoral


Se todos são iguais perante a lei porque há essa discriminação entre o trabalhador e os empresários e políticos. Dois pesos e duas medidas. O trabalhador não tem como sonegar porque já vem a cobrança inserida e registrada no ato do pagamento, já os empresários e políticos tem o privilégio de pagar ou não os impostos. 

A sonegação está implicitamente ligada a corrupção fiscal que vive a receber propinas desses sonegadores, a maioria dos fiscais vivem nababescamente em casas luxuosas as custas das propinas. Isso ninguém comenta ao contrário botam a culpa na fragilidade da fiscalização com poucos fiscais na praça, mas para receber propinas tem fiscais até demais para ir buscar o seu dinheiro sujo.

A sonegação é um assalto aos cofres da nação é a maneira de sangrar e acabar com o progresso, a sonegação deveria estar no mesmo patamar da corrupção e esses sonegadores deveria serem presos por estarem mentindo e escondendo os seus lucros com fraudes nas contabilidades. 

A sonegação é tão endêmica quanto a corrupção, portanto ambas são criminosas. O governo deveria ter um meio de sacar os juros das empresas quando as mesmas fizessem os balancetes e não esperar a boa vontade desses bandidos sonegadores para pagar os débitos ao governo. O governo poderia retirar os juros dos lucros dos políticos da mesma maneira que retiram dos funcionários públicos, infelizmente, esse governo não tem o interesse de cobrar e punir os sonegadores, ao contrário, está perdoando as dívidas como se o dinheiro público pertencesse ao presidente. Deveria elaborar uma lei para que nenhum presidente pudesse perdoar dívidas de países estrangeiros e muito menos dos empresários e políticos dentro do Brasil. O cofre da União não pertence ao presidente da República, é dinheiro público do povo, portanto deveria voltar ao povo em forma de benefícios sociais, econômicos e de infraestrutura.

O Brasil está passando por uma crise criada pelos corruptos políticos e pelos corruptores das empreiteiras e muitas outras. 

O presidente Michel Temer está com a espada sobre sua cabeça, está numa corda bamba, está na iminência de um impeachment por ter concordado numa gravação com o favorecimento de propinas para calar o prisioneiro e ex-deputado Eduardo Cunha.

O presidente da República que perdoa ou divide em longos anos a dívida dos sonegadores está sendo conivente com a corrupção fiscal. Já dizia Rui Barbosa: “Não é a ocasião que faz o ladrão, a ocasião faz o roubo, o ladrão já nasce pronto”.

O que estamos vendo nesse Brasil Bobão é muita sacanagem generalizada. A sujeira é tão grande que não tem desinfetante que acabe com o mal cheiro, é uma sujeira endêmica e generalizada não temos apoio de ninguém está tudo dominado. Só Deus terá misericórdia desse Brasil Bobão.

Obs.: Não deixem de ver os links abaixo:









Por: Ernani Serra
Pensamento: Honra, vergonha e honestidade são coisas raras; é para quem tem berço familiar, educação e instrução. Não é para qualquer um.
Ernani Serra

17 de mai de 2017

Desespero e Sujeira Governamental



O Palácio do Planalto está apavorado e querendo impor leis austeras que sacrificam os trabalhadores em favor dos poderosos, e o povo brasileiro tem que ser sacrificado para que os ricos recebam as benesses do governo.
Com a desgraça do povo com leis que escravizam os trabalhadores com um Salário Mínimo e perda de muitas conquistas trabalhistas para incentivar as empresas estrangeiras em empregar capitais no mercado trabalhista pagando aos seus empregados uma miséria de salário, como faz o governo da China, escravizam os trabalhadores, é assim que os governantes querem aumentar e estimular os investimentos dentro do país através de leilões, concessões e privatizações.

Nesse país só existem os corruptos e corruptores tramando contra a sociedade brasileira, só não temos as Forças Armadas que estão dormindo em suas casernas e satisfeitas com os soldos e a desgraça do povo brasileiro. F.A. acovardados.

Vejam os vídeos e reportagens abaixo e tomem cuidado para não cair no pântano de lama desses corruptos e corruptores políticos e empresariais.

Se não cuidarmos logo estaremos na mesma situação da Venezuela e da Síria, pois esses representantes do povo nada mais são do que representantes dos estrangeiros e querem afundar de vez o Brasil para que esse país se torne um latifúndio multinacional. Querem de uma vez por todas acabar com o povo, a economia, e o trabalhador brasileiro que já estão a meio caminho da desgraça social. 

Estamos numa crise criada pelos políticos e esses políticos antissociais como verdadeiros bandidos estão agraciando e perdoando dívidas bilionárias de políticos e de empresas privadas que sonegam os impostos governamentais e ainda o presidente da República fica comprando os judas da política para crucificar o povo em suas leis austeras, num criminoso ato de toma lá, dá cá com o dinheiro público. Parece que a verdadeira intenção é destruir os brasileiros e querem pagar as dívidas bancárias com o FMI e o Banco Mundial com o suor e sangue do povo.

Se houvessem mesmo interesse de tirar o país dessa crise bastava que o governo cobrasse todas as dívidas sonegadas dos políticos e empresas privadas que tirava de imediato a Previdência do vermelho, mas ao contrário, o que fez o governo, perdoou todas as sonegações principalmente dos poderosos do poder econômico e políticos que legislaram em causa própria. 

Já estamos num misere que dá dó e ainda estamos recebendo imigrantes da Venezuela, Haiti, Síria etc., para aumentar a crise social, econômica, financeira do Brasil. Tudo isso não passa de um plano bem orquestrado para destruir e levar o Brasil a uma guerra civil, acabando com a população brasileira e aumentando a dependência do país ao julgo estrangeiro. 

Temos que achar uma saída dessa crise diabólica criada pelos satãs da política brasileira. 


















Por: Ernani Serra
Pensamento: Quando os políticos elaboram leis contra o povo é sinal que estão querendo privatizar o Brasil.
Ernani Serra