Leitores Online

12 de jan de 2009

As Usinas Nucleares

O motivo desta é alertar as autoridades dos perigos de novas construções de Usinas Nucleares em território brasileiro.
É muito estranho que um ex-presidente, como militar e estrategista, tenha construído as usinas nucleares no litoral de Angra dos Reis – RJ pondo em risco a população daquele município e de todo ecossistema; sem falar, naquele tipo de usina piscina obsoleto que foi vendido a preço de ouro pelos alemães. Os cientistas falam em segurança mas, não existe total segurança como não houve na Rússia (antiga União Soviética). Como militar, deveria ter construído numa área deserta as usinas e não, no litoral. O problema está nos resíduos radioativos (lixo atômico) que são irreversíveis, a poluição invisível, que esse lixo transmite ao homem e a natureza; e não tem como eliminá-lo, a cada ano vai se acumulando e o problema aumentando sem solução. Se o planeta se tornar um lixeiro atômico será o fim da humanidade, da fauna e flora. O homem vai ter que se mudar para outro planeta pois esse será inviável aos seres vivos. Blindar esse tipo de lixo e aterrá-lo ou jogá-lo no fundo do mar, é ainda mais perigoso porque um dia vai haver vazamento e será o fim do mundo. No caso de uma guerra com outro país ou mesmo mundial, os inimigos irão destruir as usinas nucleares de Angra dos Reis que estão desprotegidas e de fácil acesso aos ataques aéreos e marítimos.
Nós não precisamos desse tipo de energia pois, temos a maior riqueza hidrográfica do mundo que nos fornece uma energia limpa sem nenhum poluente. Em vez de gastar bilhões de dólares em energia atômica, deveríamos aplicar em defesa do meio ambiente.
a – Proibir em área florestal a cultura da agropecuária, desmatamento, queimadas, exportação de madeiras, principalmente nas Regiões Norte, Centro-Oeste e Sul. Para apoiar essa vigilância deveria dar a preferência as Forças Armadas para atuarem em conjunto com a Polícia Federal e o IBAMA na proteção da fauna e flora dessas florestas.
b – Conservar intacta essas florestas é preservar a maior riqueza da humanidade que é a água, que está se tornando raro e de perspectiva sombria no futuro. A mineração industrial ou de garimpo que utilizam materiais pesados e autamente tóxicos como o mercúrio que é responsável por câncer e penetra na pele e se localiza na gordura e vai matando lentamente o ser vivo (o homem) devem ser proibido e combatido para preservar a natureza. Aquelas doenças ribeirinhas que estavam aparecendo no Amazonas sem que os médicos soubessem as causas talvez fossem provocadas pela contaminação dos rios principalmente pelo mercúrio muito usado nos garimpos.
c – As florestas devem ser bem vigiadas por guardas florestais e de preferência os índios que conhecem as matas,pelo Batalhão de Floresta do Exército, pela Marinha e Fuzileiros Navais, fiscalizando os rios e combatendo o contrabando de armas, tráfego de drogas, de madeira, de animais silvestres e plantas medicinais; fechamento de aeroportos clandestinos e garimpos ou qualquer outra atividade poluente.
Há um meio do Brasil crescer economicamente, é transformar todas as grandes indústrias nacionais e internacionais numa sociedade de capital mista, onde o governo seja majoritário nas ações com lucro de 50% acabando com a arrecadação dos impostos dessas empresas mistas.
Para o Brasil importar e exportar sem depender do câmbio de uma ou de outra, basta criar dois câmbios diferentes para não haver interferência, só assim, o Brasil poderá importar e exportar ao mesmo tempo sem que haja interferência no câmbio financeiro. O Brasil tem se prejudicado muito com um único câmbio para exportação e importação prejudicando o crescimento do país.


Ernani Serra