Leitores Online

12 de jan de 2009

Reencarnação e Outros Mundos

Cientificamente já está provado a reencarnação através da hipnose. A hipnose pode levar o operando a uma regressão retrocognitiva em que ele voltará a vidas anteriores e poderá falar em outros idiomas, como também, poderá ser levado a uma projeção precognitiva em que ele poderá se projetar no seu próprio futuro. Partindo desta visão futurista podemos levantar uma tese de que somos em parte uma criatura programada pelo cósmico como afirma o Alcorão “ESTAVA ESCRITO ou TINHA QUE ACONTECER”.
Religiosamente se prova a existência da alma através de muitos fenômenos e principalmente quando a pessoa não conhece o espírito desencarnado e trava um diálogo em plena rua e em pleno dia e o espírito manda lembranças para os parentes e amigos daquela pessoa e, quando ela chega em casa e diz com quem falou, todos ficam surpresos e diz: ‘Você falou com uma alma”. Depois é chamado pelos parentes da morta que lhe dá um álbum de fotografias e ele reconhece entre as demais fotos a criatura desencarnada.
Nós, por termos vindo de um mundo espiritual, eterno e imorta, queremos fazer deste mundo material e efêmero um protótipo do outro. Pelo outro ser perfeito e um paraíso desejamos fazer com este mundo o que trouxemos na bagagem espiritual e daí vem o sofrimento com o choque e conflitos de um mundo passado e um presente.
Deus nos tirou da lembrança do passado para que pudéssemos viver bem o presente e construíssemos a cada presente um futuro.
O mundo é um passe de mágica, tudo é perfeito e misterioso, o milagre se realiza a cada fração de milésimo do segundo, temos a luz da vida, o equilíbrio do universo infinito, a consciência humana, a fala, a audição, a vista, os sentidos etc. desde o micro ao macro tudo é um equilíbrio harmonioso de uma grandeza esplendorosamente perfeita; é lamentável que o ser humano não se dê conta de quanto Deus é bom, misericordioso, justo e usa a Lei de CAUSA E EFEITO, infelizmente, nós somos cegos, ingratos e iníquos para com o Pai e nossa própria consciência divina.
Nós por pensarmos que este mundo é eterno não aceitamos por ignorância espiritual as mutilações físicas, psíquicas e a própria morte e blasfemamos ao dizer: “Que Deus é este que permite uma criança nascer mongolóide ou então, permite as guerras etc. mas, ninguém procura auto-analisar e conhecer a si próprio. O nosso mundo é de uma perfeição mutável e como somos mortais e vulneráveis estamos sujeitos aos ataques do mundo microbiano, como também, somos sujeitos a doenças, mutilações e a própria morte por agentes poluentes no meio ambiente e por medicamentos que produz intoxicação e processos alérgicos; e como estamos sempre em movimento somos suscetíveis a acidentes, e como nos tornamos imperfeitos pelo nosso egoísmo e egocentrismo materialista não nos damos conta de um estado de temperamento e consciência que nos envenena, mutila e mata a nós e a nosso feto em estado embrionário; e por que acusar Deus de nossas próprias transgressões e maldades mentais? Para nós, a morte de um ente querido é uma perda irreparável, é uma saudade e uma grande dor, mas, para Deus, é uma festa no outro plano em que o anfitrião lhe dá as boas vindas.
O nosso cérebro em funcionamento é igual a um receptor e transmissor de televisão e ainda com um microcomputador dentro dele, portanto, a nossa inteligência não passa de uma sintonia com a mente da dualidade universal. Se o nosso cérebro fosse dotado de uma inteligência nato não passaríamos de um robô e não haveria evolução, mas, quando chegamos a este mundo, somos como um recipiente vazio que vai recebendo a programação da família, da sociedade e através do poder de associação de idéias, vamos ampliando a nossa capacidade intelectual mas, quando desejamos descobrir algo que ainda não existe e foge a nossa capacidade intelectual, sem sabermos entramos em sintonia com a mente universal que nos envia telepaticamente todo o programa para o fim almejado, seja na área científica, militar, telecomunicações, espacial etc. essa inspiração cósmica não interfere no livre arbítrio do homem mas, o homem está sujeito as Leis do Retorno, Causa e Efeito e muitas outras,tanto positivas quanto negativas que existe no Cósmico, tudo é uma verdadeira dádiva de Deus.
Apesar de termos um carma programado no universo, ele poderá ser mutável para melhor ou pior de acordo com os nossos pensamentos, ações e realizações, e também, através de nosso elo (orações, preces etc.) que nos comunicamos espiritualmente e ardorosamente com Deus.
Por estarmos desligados do convívio diário para com Deus é que nós não admitimos a imortalidade da alma e muito menos a reencarnação porque estamos embriagados com o PODER, com o TER, com o VER PARA CRER e com o VIVER.
O nosso mundo é um vale de lágrimas, é um verdadeiro inferno com todas as delícias de um paraíso, queira ou não, é um desafio para a nossa evolução espiritual e material. À medida que a humanidade vai conquistando a perfeição e o autocontrole emocional vai se tornando mais civilizados e é, somente assim, que conseguiremos transformar este inferno criado pela mentalidade do homem num paraíso de COMPREENSÃO, PAZ e AMOR entre os povos.


PENSAMENTO: Ilumina a alma do homem que o mundo terá paz e será um paraíso iluminado. O mundo físico é um reflexo de nosso mundo interior.


Ernani Serra