Leitores Online

15 de jul de 2009

Alerta Mundial


O mundo está mudando e a natureza revoltada está dando o troco a humanidade. Devemos e temos o dever e a obrigação de salvar todos os seres vivos e também o meio ambiente deste lindo planeta Terra. Não adianta riqueza monetária e nem ouro acumulado nos cofres quando a natureza não puder dar a fertilidade para os seres vivos se alimentarem e o preço disso tudo vai ser a morte global. Vamos fazer parte de mais um planeta sem vida no Universo Infinito, uma poeira entre miríades de poeiras gravitando no espaço incomensurável.
As pessoas no momento não estão se interessando pelos problemas causados pelo homem a ele mesmo e a natureza. Problemas principais:
1 - Os oceanos estão se tornando um lixeiro. As águas dos mares estão poluídas com dejetos humanos, lixos de toda espécie, e químicas industriais que são lançados aos rios e estes deságuam na foz dos mares, poluindo assim, toda faixa litorânea. Sem falar nos acidentes com navios petroleiros, vazamento nas plataformas de petróleo em pleno oceano e limpeza dos tanques desses navios petroleiros que são jogados nos oceanos.
2 - Com os rios poluídos e virando lama toda vida aquática morre. Sem rios não há irrigação e nem aproveitamento da água que está contaminada ou extinta. Por não estarem dando atenção devida ao problema da água e não querem gastar dinheiro com a recuperação dessas águas estão pondo em risco todo manancial e a extinção dos rios. No momento estão usando indevidamente as reservas dos aqüíferos subterrâneos porque é mais cômodo e barato, mas não sabem essas autoridades, que nesse ínterim, os rios estão desaparecendo e daqui a cinqüenta anos não existirá mais água nesses reservatórios subterrâneos pelo consumo exagerado e pelo aceleramento do crescimento da humanidade.
3 - Ninguém está se preocupando com a natalidade mundial. O mundo está em fase de explosão demográfica que está causando o desequilíbrio na natureza. A natureza pede socorro ao homem através de seus fenômenos ambientais como:
a - Aquecimento global - que o homem é responsável pelo lançamento de pelo menos 70 toneladas de gás carbônico na atmosfera e muitos outros gases tóxicos lançados pelas indústrias no ar. As geleiras do Ártico e da Antártica estão se derretendo e alterando o clima.
b - Os furacões são fenômenos prematuros causados pelo homem através dos desmatamentos e aquecimento do ar com choque térmico do excesso de evaporação das geleiras. E os maremotos e terremotos são fenômenos provocados prematuramente pelo homem através das explosões nucleares subterrâneas e na superfície. No caso dos maremotos e terremotos esses fenômenos já estão comprometidos com fissuras rochosas em suas placas tectônicas, o homem apenas acelera no tempo e no espaço esse acontecimento catastrófico.
c - Os desertos nada mais é do que a ocupação do homem em desmatar, queimar e cultivar um determinado tipo de produto em grande escala comercial e industrial provocando os campos áridos no decorrer dos anos de cultivo. A ambição do homem está levando a morte.
d - As secas em determinadas regiões foi culpa do homem que devastou as florestas e acabou com os mananciais que tornavam os rios perenes, hoje, eles são temporários, e o homem sofre pela sua insensatez do passado.
As catástrofes naturais nada mais é do que o equilíbrio que a natureza quer dar a humanidade. É como a natureza tivesse consciência do perigo mundial e quisesse diminuir a população global para que a humanidade pudesse viver melhor e parasse de atingir o meio ambiente.
Se a humanidade continuar nesse ritmo insano de proliferação e de destruição em seu próprio benefício, toda vida planetária não chegará ao ano de 2100. O homem está fadado a morrer de sede e fome num planeta árido.
Ernani Serra



Provérbio Bíblico: Há gente que, em lugar de dentes, tem espadas, e mastiga com os seus queixais, para devorar os desvalidos da terra, e que são pobres entre os homens.