Leitores Online

24 de set de 2009

O Massacre Indígena


Os nossos índios vêm sofrendo perseguições desde a época do descobrimento do Brasil. O império português usava os jesuítas para catequizar os silvícolas e depois mandava um pelotão de soldados que cercavam aqueles índios inocentes e fuzilavam barbaramente, foi assim, que os portugueses conseguiram se livrar dos índios e conquistar suas terras.
Essas perseguições continuam até hoje, houve até, um Presidente do Brasil que disse: “Pode matar os índios que são animais”.
Os índios vêm sofrendo há muitos séculos as perseguições dos civilizados com a conivência das autoridades governamentais. Essas criaturas inocentes, ingênuas e boas, vêm através dos tempos, sendo massacradas pela ignomínia dos pretensos civilizados.
Os aborígenes precisam de Leis que garantam as suas terras, sua gente, sua educação, sua profissão, sua saúde e seu futuro na sociedade.
O índio brasileiro é uma criatura marginalizada por falta de proteção das autoridades constituídas que os aprisionam em suas terras ou em reservas indígenas como se fossem animais em zoológicos, mesmo assim, quando precisam explorar essas terras indígenas, expulsam de seu habitat. A sociedade indígena do Brasil precisa de proteção imediata para que não seja extinta da face da Terra como criatura humana.
Eles carecem da proteção das autoridades civis e militares para garantir a segurança das tribos contra os brancos: posseiros, garimpeiros, latifundiários, grileiros, contrabandistas e traficantes de drogas; este último, estão se infiltrando nas reservas indígenas à incentivar a monocultura da coca (Erythroxyon cocal) para desenvolver a manufatura primitiva na extração do pó alucinógeno para implantar no Brasil e no mundo, o império mafioso dos entorpecentes, em que os índios, serão as vítimas dos vícios e da condenação repressiva da polícia e da justiça.
Tivemos a alguns anos atrás, um incidente deveras lamentável, com a implicação de um grupo de aborígenes que estavam estudando em Brasília e que, foi interrompida sua instrução porque o Superintendente da FUNAI na época, achou por bem, devolvê-los às tribos para que não se tornassem no futuro homens capazes de defender as causas e os interesses de seu povo oprimido e injustiçado pelos civilizados.

Houve até um certo “rebu” na opinião pública e um certo Ministro disse: “Lugar de índio é na reserva” e ainda afirmou “Como estudantes, estavam ociosos”.
Desde quando estudantes são ociosos? Isso tudo é um massacre a classe indígena.

Ernani Serra

Pensamento: O ser humano é um aborto da natureza.