Leitores Online

6 de set de 2009

Vida ou Morte (Monólogo)


____ Pergunto a mim mesmo.
____ Estou acordado ou dormindo?
____ Talvez dormindo acordado ou acordado dormindo. A vida é um paradoxo.
____ Não sei ao certo, pois a vida é um sonho e também um pesadelo.
____ Estou acordado na vida ou dormindo dentro dela?
____ Na verdade eu não sei.
____ Só sei que, quando estou feliz, sorrindo, cantando, dançando, louvando, vivendo... Ah! A vida é um sonho maravilhoso.
____ Mas, quando estou sofrendo, chorando, deprimido, perseguido, faminto, amargurado, assaltado, preso, atormentado... Ah! Que vida! Um pesadelo terrível.
____ Então, a vida é uma constante ilusão!?
____ Sim, meu caro amigo EU, a vida é um mago ilusionista, um alquimista, que transforma o bonito em feio, o horripilante em belo, o fantasmagórico em hilariante, o inferno em paraíso e o paraíso em inferno...
____ Estou confuso, não compreendo a vida.
____ Se compreenderes a morte, compreenderás a vida, pois a vida é a morte e a morte é a vida. Então a vida é uma antítese e um eterno paradoxo?
____ As vezes sim e as vezes não, mas ambas se fundem na pedra filosofal da verdade.
____ Onde está a verdade?
____ Na morte, meu caro EU, pois, a vida é a mentira na própria ilusão de viver.
____ Porque a mentira é o manto da verdade, assim: como a vida é o manto, a morte é a verdade da vida.
____ Para conheceres a verdade da vida, perguntes a ti mesmo, ao teu EU, quem é eterno? A vida ou a morte?
____ E EU te responderei que a vida é efêmera e a morte é a vida eterna.


Ernani Serra


Pensamento: Os civilizados são tão impuros que exterminam com sua presença mortal a pureza física e psíquica dos índios.


Ernani Serra