Leitores Online

3 de nov de 2009

O Pulo do Gato


Um dia, a onça que era muito astuta e poderosa fez uma visita ao amigo gato que tinha um império muito grande e tomando conhecimento das dificuldades que estava passando a gatolândia; se prontificou de imediato a ajudar o amigo gato em seus problemas sociais, políticos e econômico-financeiro.
___ Olá, amigo gato! Soube que estás em apuros e como sou teu amigo, desejo-te ajudar.
___ Chegastes em boa hora, caríssimo amigo, o meu império está passando por uma grande crise sócio-econômico e financeira, preciso de muito dinheiro para sair dessa enrascada.
A onça que era muita ladina e conhecia a riqueza do solo e subsolo daquele império se comprometeu a financiar todas as despesas do amigo gato.
___ Caro amigo gato, eu ponho o Fundo Monetário Felino a sua disposição. Você tem um crédito ilimitado.
___ Não sei como agradecer tanta gentileza, você é realmente um grande amigo.
E o gato muito feliz começou a se afundar nos empréstimos do F.M.F. e de imediato foi enviado para a gatolândia uma comissão de águias para entregar as cartas de intenções com as seguintes imposições:
1 – Hiperinflação com depressão e recessão;
2 - Desemprego em massa;
3 - Estrangulamento do mercado nacional com falências periódicas;
4 - Maxi-desvalorização monetária com emissões de papel moeda;
5 -Aumentos nos juros bancários com quedas bruscas produzindo instabilidade no mercado financeiro e diminuindo assim, o poder de aquisição da gatolândia;
6 - Estrangulamento da produção. Com racionamento de energia e outros artifícios;
7 - Produção agrícola insuficiente para abastecer o mercado interno;
8 - Manter a Balança de Pagamentos sempre em déficit.
O gato quando leu aquelas cartas ficou com o pelo todo eriçado e esbravejou: aquela onça me paga.
O gato reuniu em sessão de urgência todo ministério e fizeram um Plano Econômico da seguinte maneira:
1 - Moratória por tempo indeterminado;
2 - Congelamento e tabelamento de preços no mercado interno;
3 - Estimulou as poupanças com taxas fixas e acima das taxas bancárias;
4 - Estimulou as micro-empresas com taxas baixas e a longo prazo no financiamento bancário;
5 - Elevou o Salário Mínimo acima da inflação e ampliou o mercado de trabalho que produziu em grande escala e a gatolândia começou a consumir;
6 - Valorizou a moeda nacional e protegeu o mercado de exportação e importação;
7 - Desenvolveu a agro-pecuária que produziu super-safras abastecendo todo o mercado interno e externo com os excedentes;
8 - Fez um grande Lastro Ouro para fortalecer a Balança de Pagamentos.
A onça quando tomou conhecimento daquele Plano de Estabilidade Econômica ficou de garras cravadas no chão de tão tensa que estava. O tiro saiu pela culatra, disse ela, em tom colérico. Vou usar de todo o meu prestígio no reino mundial da bicharada para derrubar aquele famigerado plano econômico. Vou ter com o gato, ele me traiu.
___ Caríssimo amigo gato! Não foi esse o nosso trato. Deturpastes todo o meu plano do F.M.F. e deves se lembrar que me deves uma fortuna.
___ Sinto muito, caríssimo amigo da onça mas, só de juros já te paguei o dobro da dívida ao longo dos anos, portanto, nada te devo e se me cobras és um pirata. És muito sabida, amiga onça, mas sei me safar na hora certa dando o pulo do gato.


Por: Ernani Serra


Pensamento: Quando você é bom para com os outros, é melhor para com você mesmo.


Benjamin Franklin