Leitores Online

20 de mai de 2010

Aposentados


Os aposentados são ex-funcionários de última categoria e os funcionários da ativa também são renegados a segundo plano.

Todos os governos olham com maus olhos essa categoria de funcionários públicos que são assalariados e nunca dão os aumentos que essa categoria merece.

Há muitos anos que esses trabalhadores estatais não recebem vencimentos condizentes com seus trabalhos para o Estado.

Quando falam em aumentar e lhes dão uma porcentagem mínima que continua defasada a maioria dos políticos mostram uma tabela dizendo que a nação não pode dar tal aumento pois, está prejudicando o orçamento da União.

Esses mesmos políticos quando querem aumentar seus vencimentos legislando em causa própria não tomam conhecimento da situação do País.

Se o País está falido porque não diminui pela metade o número de Senadores, Deputados e Vereadores que sangram os cofres públicos, isso seria patriotismo.

O País não pode dar aumento razoável aos funcionários da ativa, nem aos aposentados e nem cumprem com as ordens judiciais para o governo pagar as antigas gratificações e ficam tudo no pendura; mas, o governo pode comprar armamentos de guerra desnecessários em valores bilionários para um país do carnaval que depende do apoio das Forças Norte Americanas em caso de guerra. O governo não pode dar aumento aos seus funcionários para não quebrar o Orçamento da União mas pode oferecer verbas milionárias para países estrangeiros que foram vítimas das catástrofes naturais. Como também, pode oferecer milhões ao F.M.I. como credor aparecendo como uma nação rica.

Dentro do país não existe esse apogeu. A Previdência Social está a falência e os hospitais trabalham em regime de guerra sem leitos e sem medicamentos, mas, milagrosamente esses remédios aparecem misteriosamente para beneficiar outros países que foram atingidos pelas catástrofes.

Para os funcionários públicos tudo é difícil mas, o governo paga milhões ou bilhões de Bolsa Família e outros benefícios sociais como uma política eleitoral constante.

Dentro do país os políticos só são bonzinhos em época de eleições iludindo o eleitorado. Quando passa as eleições eles são acometidos pela síndrome do esquecimento das promessas.





Por: Ernani Serra
Pensamento: Louvor em boca própria é vitupério.
Provérbio Popular