Leitores Online

20 de mai de 2010

Disciplina


A disciplina é muito importante para manter a ordem e a obediência. Toda disciplina tem que ter um bom senso de rigor e é com essa austeridade que se consegue o equilíbrio e a harmonia de qualquer coisa, desde que não se exagere na dose nem para mais nem para menos.

Os militares em geral usam da disciplina nas casernas para manter seus subalternos sempre a disposição de suas ordens e comandos e para isso, eles têm que ter rigor disciplinar. O mesmo acontece com os extremados Regimes Políticos, sejam eles, Nazistas, Capitalistas ou Comunistas que exageram nas disciplinas e se mantêm no poder ditatorial através de atos terroristas que submetem a população ao pavor e a violência, com essas ações eles se mantêm no poder e transformam o povo em cordeiros. O positivo disso tudo, é que, a nação se torna pacífica com criminalidade quase zero; não há infiltração da máfia das drogas, de armas, de prostituição etc. tudo entra num regime disciplinar regido pelo Ditador. O povo disciplinado apenas obedece.

Não estou a favor nem do exagero e nem do afrouxamento disciplinar, é preciso que haja equilíbrio.

Antigamente os pais educavam os seus filhos com disciplina, e por isso, quase não havia criminalidade e nem juventude transviada, os filhos respeitavam os pais, eram obedientes e venciam na vida profissional.

Depois que o Estado começou a invadir a privacidade familiar com psicologias e falso modernismo como:

1ºDeve-se criar os filhos como nossos amigos, dialogando com eles e participando em uníssono com suas idéias. No que deu: os filhos tomaram as rédeas dos pais (a carroça na frente dos bois) se tornaram transviados, independentes, perderam o respeito pelos pais, ficaram rebeldes e por falta de que? De disciplina familiar. Pai é pai e filho é filho não se deve misturar.

2ºAgora vem o Congresso Nacional invadir a privacidade familiar dando uma de padrasto sem ser chamado. É melhor que a sociedade não tenha mais filhos porque os pais perderam o poder de pai para o Estado que manda e desmanda em nossos lares. Isso também é um ato de terrorismo que ameaça as famílias e as deixam com pavor e as crianças ficam cada dia mais insubordinadas sem saber o que é disciplina. Com essa famigerada lei, os pais não podem tocar nem com uma palmadinha educativa e muito menos gritar com os filhos que podem parar numa delegacia ou penitenciária como se fosse um criminoso. Enquanto isso, “os filhos do Estado”, vão se tornando cada dia mais insubordinados, atrevidos e perigosos dentro do âmbito familiar e mais tarde (sem disciplina) vai se tornar um grande bandido dentro da sociedade. Os pais estão sendo os vilões na educação familiar.

O Estado deve cuidar do Estado e as famílias devem cuidar dos seus entes queridos. Dá a czar o que é de czar. O Congresso Nacional precisa cuidar de coisas mais importantes para a nação e não invadir os lares com leis que agridem a sociedade.

A corrupção do povo está numa educação errada, sem base, sem instrução e sem disciplina, é o que estamos vivendo agora, não é simplesmente com paliativos educacionais que vamos consertar essa nação e sim, com ética e exemplo de honestidade em todas as esferas de baixo para cima e vice-versa.




Por: Ernani Serra
Pensamento: Não adianta salvar uma raiz quando a árvore está podre.