Leitores Online

28 de nov de 2010

Defesa Indígena e Leis Ambientais


Se faz necessário a elaboração de uma Lei para defender os índios e dar-lhes condições dignas de vida no seu habitat. Os índios nas grandes metrópoles e megalópoles deveriam ser protegidos por órgãos da FUNAI e pelos Direitos Humanos para evitar a marginalização e a mendicância dessa raça primitiva e proprietária do Brasil. Nós brancos somos os intrusos e invasores responsáveis pelo bem-estar ou pela miséria deles. Os índios são desprovidos de ambição, são puros e inocentes; os brancos é que está destruindo toda essa riqueza de caráter.

Em 2003, tomei conhecimento através da rede de comunicações que um índio, em São Paulo, foi preso por estar falsificando documentos com uma quadrilha de brancos. Aqui em Recife, um jovem índio foi preso por estar roubando roupas com o intuito de se vestir bem para conseguir um emprego, levaram-no para o Presídio Aníbal Bruno, disseram que, depois o soltara, o índio desapareceu da mídia e ninguém soube mais dele. Em qualquer delito os delegados de polícia deveriam primeiro comunicar a FUNAI e entrega-lo para ser devolvido a sua tribo de origem, e nunca, prende-lo ou espanca-lo. Os índios devem ter imunidade e serem respeitados. Um índio com boas intenções como esse jovem, ao passar por essa humilhação, ele pode cometer o suicídio, ou ser morto por não ter dinheiro, nem parentes e nem amigos numa cidade grande.

Uma tribo no Centro-Oeste do país por desmatar sua área em troca de migalhas, hoje, está vivendo da caridade de alguns brancos da cidade que mandam pequenas quantidades de madeira para eles fazerem fogo e se alimentarem, pois, na sua área não há mais árvores.

Onde está a FUNAI? As tribos deveriam ser assistidas por Companhias do Exército instaladas próximo das áreas indígenas para protege-los do narcotráfico, do contrabando de animais silvestres, de minérios e pedras preciosas, dando-lhes assistência médica e hospitalar, suprindo-os de alimentos quando necessário e ensinando-os a monocultura como meio de sobrevivência.

É preciso afastar das áreas indígenas os doutrinadores religiosos que tiram dos índios a sua religiosidade natural, os usos e costumes.

Cabe as autoridades conscientizar os índios do perigo de desmatamento e ficarem mendigando a mercê dos brancos. Hoje, os índios estão num estado deplorável, semi-vestidos como homens brancos, não se parece mais como índios e nem como brancos, se parecem como seres sem individualidade.

Os índios precisam ser respeitados, ter uma cidadania, e portanto, ter todos os documentos que os brancos têm, inclusive servir nas Forças Armadas como cidadão brasileiro.





Por: Ernani Serra
Pensamento: Conheça-te a ti mesmo e conhecerás o Universo e os Deuses.
Sócrates