Leitores Online

21 de nov de 2010

Impunidade dos Orgãos Estatais


Os órgãos estatais abusam dos seus poderes políticos e prejudicam pessoas que tem os seus direitos garantidos. Seria mais do que justo, que as repartições públicas municipais, estatais e federais tivessem um órgão imparcial do judiciário que julgassem todos os processos contra essas repartições. Infelizmente, o Estado se acha acima de tudo e de todos e não admite que outros a julguem, mesmo estando errado ou cometendo abusos de poder.

O PROCON, O JUDICIÁRIO DE PEQUENAS CAUSAS e nem a própria JUSTIÇA CÍVIL E CRIMINAL não tem poderes contra os órgãos dos governos que ficam impunes e intocáveis prejudicando a terceiros, e nem podem julgar o Estado, porque o Estado é o patrão deles e vivem atrelados ao comando político. O Estado pode tudo e ninguém pode com ele. O Estado pode violar e manipular as Leis e os direitos e garantias dos cidadãos brasileiros e permanecer impune.

O judiciário por ser um órgão de emprego do governo não merece confiança e por isso mesmo é que deveria ser fiscalizado para ver se não houve nenhuma injustiça nos processos julgados por: protecionismo, negligência, pressão política ou econômica, favorecimento... esses e muitos outros erros e injustiças da burocracia do sistema judiciário.

Deveria haver uma modernização desses órgãos públicos para que os contribuintes fossem mais bem tratados com menos filas e mais justiça aos direitos dos cidadãos, sejam eles, civis ou militares, da ativa ou inativos ou da reserva.






Por: Ernani Serra
Pensamento: Quem disso usa disso cuida.
Adágio Popular