Leitores Online

13 de dez de 2010

Cursos Supletivos no Estado


É preciso que os adultos que não tiveram oportunidades de estudar o ginásio por várias razões, tenham a oportunidade de fazer através dos cursos supletivos.

Hoje, para se conseguir uma vaga ao emprego na área civil privado ou estatal é preciso ter o Fundamental II, o Médio ou o Superior, dificultando e tornando impossível a admissão de pessoas alfabetizadas.

Se faz necessário, a implantação do Supletivo Fundamental II e o Médio em todas as escolas do governo e do município com duração mínima.

Esses cursos rápidos para maiores de 18 anos de idade, vai ajudar muito aos que trabalham e não tem muito tempo para estudar e também, para as pessoas de idades mais avançadas que deixaram de estudar e desejam completar os seus estudos.

Pelo menos em cada estabelecimento de ensino público deveria ter uma sala de aula disponível para o ensino Supletivo do Fundamental II e Médio que poderia ser ampliado de acordo com o número de matrículas noturnas.

É preciso divulgar e incentivar a população para estudarem e colocar esses cursos o mais próximo possível da população carente.

O Ministério da Educação deveria elaborar apostilas de maneira resumida, prática e de fácil compreensão e com bastantes exercícios para serem feitas em casa. Essas apostilas deveriam ser distribuídas gratuitamente aos alunos do curso.

É da responsabilidade do governo em melhorar a qualidade de ensino ao alcance do povo, diminuindo a marginalidade de nosso país que em sua maioria é analfabeta ou semi-alfabetizada e não tem nenhuma perspectiva de vida futura.







Por: Ernani Serra
Pensamento: A ignorância são as trevas e a luz é o saber.
Ernani Serra