Leitores Online

24 de fev de 2011

O Pão Nosso de cada dia


Este alimento que é universal e, todos botam em sua mesa e comem com satisfação.

O pão foi produzido pela primeira vez há 6.000 anos e veio se aperfeiçoando; que passou pelo artesanal e hoje é industrializado.

Antigamente o pão era feito só de trigo e cereais e passava por fermentação, hoje, o pão é feito de trigo e outras misturas que só Deus sabe, sem falar nas químicas, que pode até provocar doenças graves ao ser humano, inclusive o câncer.

A qualidade e a pureza dos ingredientes do nosso pão deixam muito a desejar.

Se o serviço sanitário do governo entrasse no interior das padarias iriam interditar quase todas. Por fora, nos balcões tudo limpo e bem arrumado, mas entrem na parte de fabricação do pão, é uma sujeira só, sem nenhuma higiene e os pães chegam cheios de bactérias sem falar, à noite, as baratas e ratos passeiam pelos instrumentos de trabalho do padeiro e nos produtos que vão ser feitos os pães. O mesmo acontece com os bares e restaurantes limpos por fora e sujos por dentro. Já houve casos de consumidores encontrarem dentro de pães: cabelos, baratas e outros insetos.

O pão hoje em dia leva tantas químicas que vem causando doenças estomacais como acidez e até alergias aos consumidores.

Este é o pão que o Diabo amassou e não comeu, deu ao povo, esse alimento que todos comem, está se tornando nocivo à saúde pública.










Por: Ernani Serra
Pensamento: O sucesso é mais difícil de ser trabalhado do que o fracasso. O risco do sucesso é enterrar nossos sonhos e se tornar uma máquina de trabalhar.
Augusto Cury
(Do livro Código da Inteligência)