Leitores Online

27 de mar de 2011

Gêneros Alimentícios



Existem dois gêneros alimentícios que não têm muito gastos e nem precisam de cuidados especiais, é o caso do pescado e do mel de abelhas e por isso deveriam ser mais baratos no mercado consumidor.

Na década de 1960 chegou ao Brasil uma companhia de pesca japonesa que se instalou num armazém no Porto do Recife-PE.

Os diretores japoneses queriam na época colocar no mercado recifense, o pescado com preços populares, bem abaixo da tabela oficial e da carne bovina.

Os políticos do Estado quando souberam da novidade, foram até a companhia pesqueira, e pressionaram os diretores japoneses; proibiram de venderem abaixo da tabela do pescado e da carne bovina. Os políticos foram coniventes com o lobby dos pecuaristas que fizeram pressões contra o baixo preço do pescado. Isso é corrupção econômica contra a população em geral e de baixa renda.

O que os pescadores gastam? Muito pouco. É só ir ao mar e trazer toneladas de peixes que às vezes se tornam um desperdício porque o mercado interno não consome tudo.

Outro produto caro que deveria ser mais barato ao consumidor é o mel de abelhas. O homem só faz o cortiço e a colheita do mel. Por que o mel é tão caro?

O mel serve para as crianças, adultos, velhos, doentes e para fabricação de remédios naturais. Nem sempre esse produto é tão puro quanto o mel de exportação, como sempre, nós exportadores só ficamos com o pior.












Por: Ernani Serra
Pensamento: Quem vence sem lágrimas e dificuldades triunfa sem humildade. Quem triunfa sem humildade nunca valorizará os demais competidores. Por mais que sejamos vencedores no jogo da vida, a morte sempre vencerá.
Augusto Cury