Leitores Online

12 de abr de 2011

Anfitrião do Capital


Em janeiro de 2003, o governo federal continuava a beneficiar os capitalistas falidos ou com falsas falências. No governo anterior foi injetado dinheiro para salvar banqueiros, e emprestou milhões a Argentina no começo de sua crise econômico-financeira, e ainda teve um presidente brasileiro que se negou a receber alguns milhões de um país devedor, o Brasil, ainda se dá ao luxo de bancar o FMI aqui, só que, não gosta de receber os valores dos devedores. O Brasil dá dinheiro de mão beijada, é uma mãe, para a política internacional e alguns capitalistas nacionais e multinacionais.

Teve um político do Partido dos Trabalhadores que disse em cadeia de televisão que a situação do país era péssima. Se for tão ruim como se diz, cabe procurar saber quais os países em que o Brasil andou emprestando dinheiro e começar a cobrar. Parece muito contraditório, agora, em que se cogita entre os parlamentares do governo de injetar capital na VARIG para salva-la da falência, daqui a pouco, vai se tornar corriqueiro e muitas empresas vão fraudar os documentos para receber do governo esse milagroso benefício milionário.

Para o Brasil sair das crises é preciso arrecadar mais das multinacionais os impostos devidos, cancelando as isenções de dez anos, e muitos outros privilégios em que, muitas empresas internacionais já ultrapassaram esse prazo e continuam isentas indevidamente.

O Brasil para os capitalistas é um país milionário, mas para salvar da miséria salarial os trabalhadores, o Brasil é paupérrimo. A corrupção começa por aí, com as evasões em dinheiro que vai deixar o país no vermelho.

Outra imoralidade é um Projeto de Lei que o Congresso Nacional quer sancionar dando Pensões Vitalícias para Senadores e Presidentes da República, já estão sendo pagas essas pensões em alguns Estados do Brasil aos ex-governadores. Esse ato legislativo em causa próprio e indevido só vem denegrir a imagem do Brasil perante o povo, esmagados pelo Salário Mínimo.












Por: Ernani Serra
Pensamento: Dinheiro achado não é roubado.
Dito Popular