Leitores Online

30 de abr de 2011

Método Paulo Freire e o Analfabetismo


Processo de alfabetização de adultos desenvolvido pelo educador pernambucano Paulo Freire (1921-1997). Para Freire, o domínio da leitura e da escrita é uma forma de conscientização, participação e superação de situações de opressão social.

O objetivo, então, é fazer com que os adultos aprendam a ler e a escrever de forma crítica e contextualizada, e não mecânica.

O método Paulo Freire está associado ao movimento de educação popular e aos centros de cultura popular que se formaram no início da década de 1960, principalmente nas regiões mais pobres do país, e tem como base os trabalhadores e as discussões em grupo.

A fase inicial é o levantamento do universo vocabular – palavras e expressões típicas ligadas ao trabalho de cada integrante e com significado e sentido emocional no contexto do grupo. Desse conjunto são selecionadas palavras geradoras, que, decompostas em seus elementos silábicos, permitem a construção de novas palavras.

Esse método de Paulo Freire foi um dos mais importantes e eficientes na luta contra o analfabetismo, infelizmente, esse método não foi aceito pelas autoridades apesar da eficiência.

No mundo existem 776 milhões de adultos que não sabem ler e escrever.

Os dez países com maiores números de analfabetos são:

O primeiro lugar nessa estatística é a Índia com 270 milhões de analfabetos, em segundo vem a China com 71 milhões, em terceiro Bangladesh com 49 milhões, em quarto o Paquistão com 47 milhões, em quinto a Etiópia com 27 milhões, em sexto a Nigéria com 23 milhões, em sétimo o Egito com 17 milhões, em oitavo o Brasil com 14 milhões, em nono a Indonésia com 13 milhões, em décimo o Marrocos com 10 milhões, o restante do mundo têm 218 milhões de analfabetos.

De acordo com o IBGE que anexou os analfabetos e os analfabetos funcionais que é a população de 15 anos ou mais, então, a estatística de analfabetos no Brasil ficou em torno dos 29,5 milhões de brasileiro. Fonte de Pesquisa: Almanaque Abril – 2011.











Por: Ernani Serra
Pensamento: Antes de gostar dos outros, aprenda a gostar de si mesmo.
(2012 – A ERA DE OURO)