Leitores Online

3 de nov de 2011

Os assalariados sofrem nas Filas


Entram presidentes e saem presidentes e ninguém resolve os problemas das filas e muito menos do Sistema Único de Saúde (SUS) que continua a atender os pobres miseráveis de maneira desumana e cruel que precisam daquela pocilga denominada de SAÚDE, esses hospitais são verdadeiros matadouros iguais aos campos de extermínios dos nazistas, só que, matam de maneira lenta sem dar os devidos atendimentos de urgência aos pacientes, negligenciando com as vidas das pessoas doentes.

Cadê os Direitos Humanos que não vê esse crime social?

Onde está a Organização Mundial de Saúde (OMS) que não protesta junto a Organização das Nações Unidas (ONU) contra a saúde pública no Brasil?

Enquanto isso, os hospitais públicos ficam abandonados a própria sorte e os ladrões de verbas vão desviando o dinheiro para os bancos no exterior.

Com essa sangria da corrupção brasileira o Brasil vai ficando mais pobre e menos independente, cada dia que passa, estamos mais a mercê dos banqueiros internacionais que põem grilhões em todas as classes sociais, menos, aos colaboradores da corrupção que trabalham para a escravidão branca no Brasil.

Gritem o povo, Independência ou Morte, enquanto ainda nos resta esse direito do livre arbítrio de lutar e protestar.












Por: Ernani Serra
Pensamento: A preguiça caminha tão devagar, que a pobreza não tem dificuldade em alcançá-la.
Confúcio