Leitores Online

15 de dez de 2011

Malhação e Esportes


A prática excessiva de exercícios pode danificar o coração, indica um pequeno estudo feito por especialistas australianos.

Exames de ressonância magnética de 40 atletas que se preparavam para participar de eventos esportivos extremos, como triatlos ou competições de ciclismo em montanha, revelaram que a maioria apresentava distensões no músculo cardíaco.

A maior parte se recuperou completamente depois de uma semana, mas cinco dos atletas, que vinham treinando há mais tempo, apresentaram cicatrizes – possivelmente um indício de danos permanentes.

A equipe da Universidade de Melbourne disse à revista científica European Heart Journal que as alterações encontradas poderiam, no futuro, provocar problemas cardíacos como a arritmia.

Para a maioria dos atletas, uma combinação de treinamento sensato e recuperação adequada devem trazer melhorias na função do músculo cardíaco, os pesquisadores disseram.

Formato alterado
Logo após a competição, os corações dos atletas tinham o formato alterado. O ventrículo direito do órgão – uma das quatro câmaras do coração envolvidas em bombear o sangue pelo corpo – parecia dilatado e não funcionava tão bem como nas semanas que antecederam a competição.

Níveis de uma substância química chamada BNP (Peptídeo Natriurético tipo B), que é fabricado pelo coração em resposta a distensões extremas, haviam aumentado.

Nos cinco atletas que vinham treinando e competindo há mais tempo, os exames revelaram indícios de cicatrizes no tecido cardíaco. Além disso, a função do ventrículo direito nesses atletas continuava diminuída em comparação com os resultados anteriores ao evento. Fonte: Correio do Brasil.

Comentário:
Os especialistas e cientistas afirmam que os exercícios forçados consomem o máximo de oxigênio e aumentam a quantidade de radicais livres que são responsáveis pelo envelhecimento.

A equação dos exercícios: CONSUMO DE OXIGÊNIO MÁXIMO IGUAL A FREQUÊNCIA CARDÍACA MÁXIMA X VOLUME DE EJEÇÃO CARDÍACO MÁXIMO X DIFERENÇA ARTÉRIO-VENOSA MÁXIMA.

O exercício só é importante para a saúde quando praticado de maneira moderado, o exagero pode levar a morte súbita, a doença do coração e causa o envelhecimento precoce.

Cuidado também com as anfetaminas e bombas que causam o câncer, a morte e outras doenças. Às vezes um corpo musculoso não representa saúde, jovialidade e nem longevidade.














Por: Ernani Serra
Pensamento: Ó poderoso amor! Que por alguns respeitos transformas um animal em homem e por alguns outros, tornas um homem em animal.
William Shakespeare