Leitores Online

3 de dez de 2011

Progresso ou Regresso


O que nós chamamos de progresso é uma farsa utópica porque esse “desenvolvimento” vai aumentar a população regional e tornará outro problema ambiental, social, político...

O “progresso no Amazonas” só vai trazer problemas para os índios, habitantes ribeirinhos, animais silvestres e a própria floresta inundada com a morte dos ecossistemas, todo esse sacrifício só tem uma causa, “beneficiar o homem”.

Hoje se constroem 16 hidrelétricas que vai inundar uma área equivalente a três Estados de São Paulo, quanto terreno fértil desperdiçado, árvores e animais que serão sacrificados para fornecer energia elétrica a uma região primitiva.

Com essas instalações de barragens o mapa hidrográfico do Tapajós vai mudar totalmente o seu perfil.

Com a construção dessas hidrelétricas vai ocorrer o fenômeno da corrida habitacional, que vai gerar um novo problema no futuro, de déficit de energia, que terão de construir novas hidrelétricas; e as matas vão desaparecendo e a água tomando conta de tudo.

Tudo indica que estão querendo acabar com as florestas do Amazonas, e no futuro! teremos como São Paulo uma floresta de pedra, só que, não vai acontecer porque as nascentes vão morrer e os rios também, onde vão buscar água, nesse ínterim, as usinas vão parar de funcionar por falta do líquido aquático e o caos vai se instaurar nessa região. O que hoje é um pequeno problema amanhã poderá ser um grande problema para a humanidade.

A ambição, a vaidade, poder e o orgulho, estão levando o homem ao apocalipse. Hoje são aplausos e alegria, amanhã choros e revolta… quando é que o homem vai abrir os olhos para ver os acontecimentos futuros?

Se hoje, ao começar com essas construções diabólicas em série já está trazendo sangue e morte à natureza, amanhã é a natureza que vai dar o troco ao homem. Não é filosofia é a realidade da lei de causa e efeito.

A região não está precisando de tantas hidrelétricas, para que essas construções faraônicas? O que estão pretendendo fazer com o Amazonas e o Brasil?

Estão destruindo as florestas de maneira mais rápida do que, com os motosserras, tratores com arrastão e outras máquinas diabólicas criadas pelo homem para devastar as matas e florestas.

O governo brasileiro não está pensando no bem estar de nosso povo ao construir essas barragens, tudo isso, é para beneficiar as empresas internacionais que vão chegar para extrair as nossas riquezas de maneira mais rápida e deixar o Amazonas pobre e desértico.

Se o governo brasileiro pensasse no bem estar de nosso povo, os minérios, pedras preciosas, petróleo etc. que estão sendo extraídos legalmente, deveria o Estado, fazer a divisão dessas riquezas em melhorias: da saúde pública, educação, segurança pública e de fronteiras, justiça, habitação, saneamento básico... Se esse mesmo governo estivesse pensando no povo não deixaria essas riquezas serem contrabandeadas sem nenhum lucro aos cofres da nação.

Não se engane meu povo, nem sempre o que reluz é ouro.


 










Por: Ernani Serra
Pensamento: O homem é um animal com instintos primários de sobrevivência. Por isso, seu engenho desenvolveu-se primeiro e a alma depois, e o progresso da ciência está bem mais adiantado que seu comportamento ético.
Charles Chaplin