Leitores Online

6 de jan de 2012

Guerra de Etnias


Perante Deus todos os habitantes desse planeta são irmãos cósmicos.

Só os homens não reconheceram a sua família cósmica, porque acharam de dividir as fronteiras e dar nomes aos territórios demarcados por causa dos interesses pessoais, discriminação étnicos, políticos, usura, religiosidade, poder, ambição...

É muito triste ver os conflitos armados em que, homens lutam e matam os seus próprios irmãos planetários. O nosso planeta é uma nave única com uma tripulação única que deveriam estar irmanadas num contexto de amor, paz e fraternidade sem nenhum preconceito ou discriminação.

Os militares são como cães adestrados que não tem raciocínio, atacam pelo comando de seus superiores sem ter o direito de usar o seu livre arbítrio de julgar o que é certo ou errado, agem como robôs manipulados por políticos sejam eles: Presidentes, Governadores, Ministros da Defesa...

Os militares têm todo o poder nas mãos, mas, não as usam e são obedientes a grupos ou pessoas desarmadas sem nenhum poder; os militares dão os seus poderes aos políticos, que brincam com fogo e podem se queimarem.

São escravos de um sistema político, de uma hierarquia militar que atrelam ao soldo da sobrevivência.

Esses militares vãos para as guerras como os bois vão para o matadouro, não sabem se voltam daquela carnificina imposta por razões de um sistema sejam eles: políticos, econômicos, financeiros, territoriais, religiosos, étnicos... São obrigados por um dever cívico e uma lavagem cerebral.

O ser humano é o animal mais feroz do planeta Terra. Os animais irracionais quando querem atacar demonstram sua agressividade antes, e dá oportunidade de defesa, enquanto o homem camufla suas intenções no maquiavélico cérebro que vai arquitetando planos para destruir os seus semelhantes, a sociedade, o meio ambiente, a fauna e a flora, enfim a vida em geral.

O ser humano é só matéria, foi afastado da essência espiritual; nas guerras o homem se brutaliza e se torna um assassino, um monstro sem remorso de todos os seus atos desumanos, um ser cibernético.

Se as pessoas começarem a raciocinar vão chegar a uma única conclusão, o homem está caminhando para a destruição da vida planetária em geral.

O homem não tem amigo, afinidade nem corrente, os elos estão todos individualizados, quebrados, o único amigo do homem é ele mesmo, o homem imagina que está em sociedade mais infelizmente ele está só na sua individualidade, no seu egocentrismo, egoísmo, ambição...

Somente as tribos indígenas antes de conhecer o homem branco é que estavam em perfeita harmonia com a natureza, com uma sociedade tribal muito forte e coesa, mas quando chegou o homem branco, desfragmentou essa corrente social e individualizou as tribos nos moldes de sua própria sociedade fraca.

Para o ser humano beligerante tudo o que está escrito acima não passa de uma utopia visionária, mas para os espiritualistas que acreditam num mundo melhor com Paz, Amor e Fraternidade, tudo isso poderia ser real.


 













Por: Ernani Serra
Pensamento: Os homens são miseráveis, porque não sabem ver nem entender os bens que estão ao seu alcance.
Pitágoras