Leitores Online

9 de fev de 2012

Integração do São Francisco


A transposição do rio São Francisco é um Projeto de Integração deste rio com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional. A obra prevê a construção de mais de 600 km de canais de concreto em dois grandes eixos (norte e leste) ao longo do território de quatro Estados: (Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte) para o desvio das águas do rio, ao longo do caminho, o projeto prevê a construção de nove estações de bombeamento de água, orçado atualmente em R$ 6,8 bilhões, o projeto irrigará a região nordeste e semi-árida do Brasil. Haverá dois eixos: Norte e Leste.

A engenharia dos eixos de integração consiste em canais abertos, de seção trapezoidal de 25 m de largura e cinco de profundidade, impermeabilizados com geomembrana protegida por uma camada de 5 cm de concreto. Nas regiões de travessias de riachos e rios serão construídos aquedutos. Para ultrapassar regiões de maior altitude, serão construídos túneis. Serão construídas nove estações de bombeamento para elevar a água, três no Eixo Norte, vencendo altitudes de 165 m e seis no Eixo Leste, onde as águas serão elevadas a uma altitude de 304 m. Estão previstas a construção de 30 barragens ao longo dos canais, que funcionarão como reservatórios de compensação para permitir o escoamento da água, mesmo quando o bombeamento esteja desligado (3 a 4 horas por dia). Fonte: Wikipédia.

Comentário:
Já dizia Luiz Gonzaga em suas canções, profetizando o futuro: O sertão vai virar mar...

O Eixo Leste que está sob a responsabilidade do Batalhão de Engenharia de Construção do Exército Brasileiro já está quase terminado com 80% já construído, enquanto o Eixo Norte que está sob a responsabilidade de empreiteiras particulares só conseguiu 16% da construção e assim mesmo, essas empreiteiras abandonaram o serviço, mas, levaram consigo as verbas. Essas empresas particulares não merecem a confiabilidade de uma obra tão grande assim, porque elas são viciadas na corrupção e põem em risco o funcionamento dessa empreitada.

Por que o Governo Federal não entrega essa grande obra ao Exército que é honesto, o serviço é garantido e de melhor qualidade?

Está havendo atraso por causa das empreiteiras desonestas que usam e abusam das verbas para si, e nenhuma autoridade as põe na justiça para reaver todo dinheiro usurpado e o confisco de toda maquinaria de construção para doação ao Exército.

A presidente esteve visitando o trecho do Eixo Leste, hoje, dia 08/02/2012 que está quase concluído dentro do prazo, será que vai visitar também o Eixo Norte que nem começou a obra?

Por causa da impunidade que impera no Brasil é que essas empreiteiras se acham no dever de usurpar as verbas dos impostos do povo brasileiro, atrasando o andamento, o vencimento, e onerando ainda mais o valor da obra.

Serão que os políticos sempre querem dar uma oportunidade as desonestas empreiteiras para enriquecerem com o dinheiro público?

Em toda parte do Brasil será que só existem corruptos, corruptos, corruptos...? Quando é que vai acabar com esses Tsunamis?












Por: Ernani Serra.
Pensamento: Toda a capacidade dos nossos estadistas se esvai na intriga, na astúcia, na cabala, na vingança, na inveja, na condescendência com o abuso, na salvação das aparências, no desleixo do futuro.
Rui Barbosa