Leitores Online

25 de abr de 2012

Causas e Efeitos


As leis são umas relações, constantes e imprescindíveis, entre Causas e Efeitos.

CAUSA – é a origem, o início dos fatos e eventos, razoáveis ou não, que lhes dão razão. Aquilo que faz com que uma coisa exista ou aconteça, exemplo: razão, origem, motivo, princípio. Toda Causa produz um Efeito.

EFEITOS – é o resultado, em consequência, das Causas. Produto, resultado de uma ação, consequência: não há efeito sem causa.

As autoridades brasileiras estão querendo resolver os problemas começando pelos efeitos que nunca chegam às causas. Estão atrelando a carroça na frente dos bois.

É o caso da prevenção com a fiscalização nas estradas aos motoristas irresponsáveis que se drogam ou ficam alcoolizados e dirigem como se fossem verdadeiros assassinos e suicidas com a máquina da morte, (veículos).

Se realmente querem acabar com essa matança veicular basta atacar a causa que é a fonte, ou seja, fechar as fábricas de bebidas alcoólicas ou proibir a venda de bebidas alcoólicas em todo território brasileiro a todos os consumidores… (Lei Seca).

O mesmo acontece com as drogas, às autoridades querem atacar os efeitos, ou sejam, gastar fortunas com os internamentos de viciados que nunca se recuperam, é jogar dinheiro público no lixo.

Querem acabar mesmo com as drogas? Então deve fazer uma fiscalização com grande repressão nas fronteiras, aeroportos, portos, estradas... Sem drogas no mercado interno não há viciados.

Outrora, a Índia que estava com o comércio de ópio oficializado, quando achou por bem acabar com a farra das drogas, fizeram uma repressão, e fecharam o comércio da maldita droga. Isso sim é atacar a causa do mal.

O programa do governo Fome Zero e outras desse gênero, não passam de paliativos com fins eleitoreiros. Esses programas sociais gratuitos que não geram lucros para o Estado nem para sociedade é jogar dinheiro no esgoto.

Se quiserem diminuir a fome (que nunca vão acabar) é só fazerem programas de trabalhos em cooperativas e estimular trabalhos pequenos como: piscicultura, apicultura, artesanato... E dar uma remuneração a essas pessoas através do seu trabalho e não dar dinheiro para ociosos e viciados.

O melhor mesmo para acabar com a fome é elaborar um programa nacional para diminuir a concepção materna, diminuindo a população carente, que vai diminuir o problema social com a fome e muitos outros problemas sociais.










Por: Ernani Serra
Pensamento: A verdade anda meio concretada. Para aparecer, tem que haver explosões.
Elanklever