Leitores Online

16 de abr de 2012

Os Zumbis de Garanhuns


Na cidade de Garanhuns no Agreste Meridional do Estado de Pernambuco, onde aconteceu a antropofagia, deixou a população horrorizada com os crimes praticados por Jorge Negromonte, 50 anos, Isabel Cristina 51 anos e Bruna Cristina de Oliveira, 25 anos, que esquartejaram e enterraram duas mulheres no quintal de casa.

As vítimas foram: Giselly Helena da Silva, conhecida como “Geisa dos Panfletos” desaparecida desde o dia 25 de fevereiro deste ano e Alexandra da Silva Falcão, 20 anos desaparecida desde o dia 12 de março/2012, ambas, foram atraídas por uma falsa proposta de emprego doméstico, sempre oferecido pela Isabel Cristina.

O crime foi desvendado após a mãe de uma das vítimas levarem à delegacia uma fatura de cartão de crédito que apontavam lojas onde a filha desaparecida teria feito compras.

A polícia identificou os envolvidos através de gravações do circuito interno de segurança de uma loja em que os mostravam fazendo compras com o cartão de crédito da vítima.

Na casa dos acusados havia uma criança de apenas cinco anos que ajudou a polícia a localizar as mulheres desaparecidas, reconhecendo-as a partir de duas fotografias. A menina mostrou aos policiais onde estavam enterradas as vítimas no quintal da residência dos criminosos.

Na polícia, os criminosos confessaram terem matado esquartejado e enterrado os restos das vítimas.

Foram desenterrados os restos dos corpos de: Giselly e Alexandra.

Na polícia, os presos confessaram ter retirado boa parte do corpo das mulheres para se alimentarem, inclusive davam para a criança, e também, para rechear salgados (empadinhas, coxinhas) para Isabel Cristina, 51 anos, vender em Garanhuns e em Caruaru.

A polícia localizou na residência dos criminosos um livro escrito, editado e registrado em cartório pelo próprio monstro Jorge Negromonte, 50 anos, apontado como mentor de toda atrocidade, onde ele detalha com frieza todo ritual macabro no assassinato das vítimas.

No livro, ele ainda fala na morte de outra vítima, que foi assassinada em Olinda-PE, e de uma criança que está enterrada no quarto principal da casa daquele município, quanto a esses crimes, serão investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que irão investigar se há mais vítimas desse caso macabro.

Essa barbárie chegou ao conhecimento do público no dia 11/04/2012, após os depoimentos, os três acusados serão indiciados por crime hediondo, ocultação de cadáveres, uso de documento falso e estelionato por terem usado os cartões de créditos das vítimas.

Bruna e Isabel Cristina foram levadas para a Colônia Penal de Buíque e Jorge Negromonte para a cadeia pública de Garanhuns todos os criminosos à espera de julgamento.

Em pleno Século XXI, ainda encontramos esses casos satânicos que só se via na Era da Pedra Lascada, quando o homem era bárbaro pela própria ignorância e circunstâncias no tempo e no espaço.










Por: Ernani Serra
Pensamento: A Evolução é a Lei da Vida, o Número é a Lei do Universo, a Unidade é a Lei de Deus.
Pitágoras