Leitores Online

10 de mai de 2012

Benefícios dos Chocolates


Para quem pensa que o chocolate é apenas um vilão na alimentação está enganado porque ele pode até mesmo ajudar a emagrecer se consumido em quantidade correta além de trazer vários benefícios para o organismo, principalmente o chocolate do tipo amargo que é mais rico em cacau do que os outros.

O chocolate tem a função de ajudar à regular o apetite, dando sensação de saciedade devido aos seus ácidos fenólicos que aumentam a produção do hormônio leptina que é responsável pela sensação de saciedade.

Ele ajuda no emagrecimento porque tem cafeína que acelera o metabolismo e ajuda na queima de calorias.

O cacau tem muitos antioxidantes que ajudam a reduzir a inflamação de artérias e não deixa o colesterol aderir às paredes dos vasos sanguíneos, reduzindo assim a propensão de derrames ou AVC.

Os flavonóides presentes no alimento ainda ajudam na memória, atenção e concentração melhorando o desempenho mental em geral.

O chocolate ainda possui vitaminas A e do complexo B ajudando a neutralizar os radicais livres que podem provocar danos às células e levando ao envelhecimento precoce, também diminui as taxas do colesterol ruim e do colesterol total.

Fonte de energia para o organismo, ainda melhora o humor, a depressão e o desânimo, melhorando a disposição para atividades, ainda é rico em substâncias como o triptofano, feniletilamina, fenilalanina e tirosina que estimulam o bem estar.

O chocolate deve ser consumido em poucas quantidades e não pode ser aquecido, visto que perde suas propriedades benéficas.

Para quem pensa que o chocolate é o vilão das dietas por seu alto teor calórico, deve rever sua imagem, pois o chocolate pode ser consumido de acordo com pesquisa feita pela Universidade da Califórnia nos Estados Unidos.

A pesquisa foi feita com mais de mil pessoas que não tinham problemas do coração e nem diabetes e foi comprovado que os ingredientes contidos no chocolate podem ajudar no emagrecimento se o produto for consumido moderadamente e regularmente. Foi feita pesquisa também com camundongos no qual foram alimentados com substância que está contida no chocolate e os resultados foram notáveis.

O chocolate, especialmente o meio amargo, tem propriedades antioxidantes e ainda na redução da pressão sanguínea, colesterol e diminui a resistência do organismo à insulina, o que faz com que o peso seja diminuído.

Mas os especialistas concluem que o consumo deve ser regular, mas em pequenas quantidades, pois o alto teor calórico do produto pode prejudicar a perda de peso quando consumido em excesso.

Uma alimentação saudável, a prática diária de exercícios pode render saúde e boa forma. E o consumo moderado do chocolate, em pequenas quantidades, preferencialmente o meio amargo não trará prejuízos quanto à dieta, pelo contrário, pode ser até um incentivador e auxiliar na manutenção do peso.

Mas lembre-se de ficar atento à quantidade, pois difícil mesmo é resistir, principalmente nesta época de Páscoa.

Adorado por quase todo ser humano, esse irresistível prazer gastronômico pode ser o inimigo número um de qualquer dieta ou desejo da forma perfeita.

Muitas pessoas são simplesmente compulsivas por chocolate, quando colocam um tablete na boca não consegue parar até que a barra chegue ao fim e é justamente aí que mora o perigo.

Fonte: Sem Mundo.








Por: Ernani Serra
Pensamento: Estranha criatura o homem; não pede para nascer, não sabe viver e não quer morrer.
Albert Einstein