Leitores Online

30 de mai de 2012

O País das Mil e Umas Noites


Dubai é um dos sete emirados árabes é a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos (EAU) com aproximadamente 2.262.000 habitantes.

Está localizada ao longo da costa sul do Golfo Pérsico na Península Arábica na Ásia. O município muitas vezes é chamado de “Cidade de Dubai” para diferenciá-lo do emirado de mesmo nome. Dubai é conhecida mundialmente por ser extremamente moderna, (futurista) e com enormes e modernos arranha-céus e largas avenidas.

Existem registros da existência da cidade pelo menos 150 anos antes da formação dos EAU.

A receita do emirado é proveniente do turismo, comércio, setor imobiliário, serviços financeiros, petróleo, gás natural e exportação de pérolas. O PIB é de US$ 37 bilhões (2005). Com a descoberta do petróleo em 1966, houve um afluxo maciço de trabalhadores estrangeiros, sobretudo indianos e paquistaneses, e com isso, a população da cidade entre 1968 e 1975 cresceu mais de 300%. O porto de Jebel Ali (supostamente o maior porto do mundo construído pelo homem) foi estabelecido em 1979. Dubai não tem nenhum rio ou oásis natural, no entanto, possui um estuário natural, a Enseada de Dubai, que foi dragada para torná-la suficientemente profunda para que navios de grande porte possam atravessá-la.

Dubai está no caminho de migração de aves entre a Europa, Ásia e África, e mais de 320 espécies de aves migratórias passam pelo emirado, na Primavera e no Outono. As águas de Dubai são o lar de mais de 300 espécies de peixes, incluindo a garoupa.

O xeque Mohammed Bin Rashid al Maktoum, hoje governador do Dubai. Fonte: Site Wikipédia.

Comentário:
É no momento histórico da humanidade o país mais moderno e rico do mundo. A cidade de Dubai é um conto de fadas das mil e uma noites em estilo arquitetônico futurista, onde tudo lá é grandioso e está a cima de todas as nações com relação ao luxo, grandeza e beleza. Nenhum país se compara com Dubai em beleza artificial é o país do turismo internacional.

Não resta dúvida que essa cidade de Dubai é para quem tem muito dinheiro para gastar e viver por lá, é a cidade da classe das elites sociais. Dubai é um paraíso e um sonho que todos queriam realizar, mas só uns poucos podem conseguir realizar esse sonho.

Os árabes souberam empregar as suas riquezas na indústria sem chaminé (turismo) através do capital de giro, e está recebendo ao triplo com juros, correção monetária e dividendos toda a sua riqueza empregada em Dubai.

Enquanto outros idiotas procuram entesourar as suas riquezas que nada criam para a humanidade, esses árabes encontraram o mapa do tesouro que aumenta cada dia mais.

Essa cidade foi construída no deserto e futuramente vai haver uma floresta em torno dela, estão irrigando áreas do deserto e plantando arbustos, enquanto outros países estão desmatando.

O que o xeque precisa fazer é pagar melhor os seus operários e funcionários para que eles possam voltar para os seus países quando quiserem, evitando que no futuro a cidade de Dubai esteja cheia de mendigos e favelas em seu redor, isso vai comprometer toda infraestrutura sociopolítica e a imagem internacional.

Seria aconselhável que o xeque oferecesse passagens de avião para os desempregados ou aqueles que desejam voltar para sua terra natal evitando os cortiços na periferia que iria deixar uma má imagem de Dubai.











Por: Ernani Serra
Pensamento: Nem tudo que reluz é ouro; mas em Dubai tudo que reluz é ouro…
Ernani Serra