Leitores Online

17 de set de 2012

Contrabando de Pedras Preciosas



O Brasil é o país mais rico em riquezas naturais e o mais pobre no caráter social.

Há mais de onze anos atrás encontraram um armazém em Brasília-DF, abarrotado com sacos de 60 kg de pedras preciosas equivalente a muitas toneladas. Houve repercussão na mídia, mas ninguém foi preso, ficou o dito pelo não dito, e terminou como sempre termina, abafando o caso, e ninguém sabe como toneladas conseguiram sair do país.

Agora o Fantástico descobre uma ponta do iceberg, pedra que vale bilhões de reais e que, saiu contrabandeada pelos Correios para os EUA.

O governo conhece todas essas minas clandestinas que operam de maneira irregular, mas não toma nenhuma atitude para evitar o contrabando no país e o povo é que perde com essas saídas de nossas riquezas sem pagar impostos. O povo é obrigado a pagar impostos, o contrabandista é isento de impostos. É uma vergonha.

Por que o governo não estatiza essas minas? As riquezas naturais são da responsabilidade do governo e não deve ser entregue a pirataria. Por que o governo não explora essas minas? Será que o governo quer ficar sempre como colônia, entregando as suas riquezas ao império capitalista do primeiro mundo?

Falar em estatizar essas minas é um problema, todos os governantes do Brasil se negaram a comercializar e legalizar as vendas dessas riquezas que é a fonte da independência financeira do país.

Mesmo quando estivemos em crise econômica e financeira nenhum presidente se propôs a usar esse recurso de estatizar as minas, quando pressionado pela mídia com relação aos garimpeiros, o que o governo faz é bombardear os aeroportos clandestinos, porque não tomam as áreas de garimpo e as transformam em garimpos mecanizados pelo governo, não, o governo acha melhor, mais viável e mais cômodo entregar as empresas estrangeiras em caráter de privatização. Isso sim, que é nacionalismo as inversas.

Os indianos chegam e compram as gemas na fonte a preço de banana, e esse mesmo indiano leva para o seu país ou para o Oriente Médio e vendem por uma fortuna aos marajás e outros descendentes de nobres. Como eles saem com essas fortunas em pedras é um mistério, ninguém sabe e ninguém viu, é como perna de cobra quem vê morre.

O governo quer ficar nesse vai e vem, ora estamos cheios de dólares, ora ficamos sem quase nada de dólares, ou nessa gangorra do sobe e desce do câmbio, do jogo econômico inflacionário ou de recessão, tudo isso não leva a nada, enquanto isso, os piratas estão pilhando o Brasil e enriquecendo as nossas custas.

O que enriquece o país são o ouro e toda sua riqueza natural quando bem administrado pelo governo.

O Brasil é mesmo um otário tupiniquim.








Por: Ernani Serra
Pensamento: País rico e poderoso é aquele que contém riquezas em ouro, jóias, pedras preciosas em seus cofres. País pobre é aquele que vive na miséria da corrupção e deixa levar todas as suas riquezas naturais.
Ernani Serra