Leitores Online

8 de nov de 2012

Biografia e Reeleição de Obama


Barack Obama nasceu em 4 de agosto de 1961 em Honolulu, no estado americano do Havaí, filho de Barack Obama, Sr., um economista queniano, nascido em Nyang’oma Kogelo, distrito de Siaya, Quênia e de Ann Dunham, antropóloga americana, branca, nascida em Wichita, no estado do Kansas, Estados Unidos. O pai de Obama era de etnia luo, um grupo étnico africano encontrado no Quênia, no leste de Uganda e no norte da Tanzânia. A mãe de Obama era uma americana cuja família estava nos Estados Unidos há várias gerações. Ela era descendente principalmente de ingleses, mas também de escoceses, irlandeses, alemães, galeses, suíços e franceses. 

Segundo o próprio Obama escreveu em sua autobiografia, sua mãe também tinha algum antepassado distante que era um índio da etnia cherokee. A bisavó de Obama tinha muita vergonha dessa suposta ascendência indígena. “Essa linhagem era fonte de considerável vergonha para a mãe de Toot, que empalidecia sempre que alguém mencionava o assunto e alimentava a esperança de levar esse segredo para a sepultura”. 

Por outro lado, a avó de Obama tinha muito orgulho dessa origem, porém, nos Estados Unidos é muito comum que pessoas afirmem que têm ascendência indígena, principalmente cherokee, mas, na maioria dos casos, essa ascendência é fictícia, sendo parte apenas de um imaginário popular.

 Na árvore genealógica da mãe de Obama não existe nenhuma evidência que ela realmente tenha tido algum antepassado que fosse um índio cherokee. Apesar de suas múltiplas ancestralidades, Obama se considera negro ou afro-americano, e foi assim que ele se definiu para o censo americano de 2010.

Em 2012, umas equipes de genealogistas disseram ter provas que “sugerem fortemente” que a mãe branca de Obama descendia de John Punch, um dos primeiros escravos africanos documentados nos Estados Unidos. 

Punch nasceu no oeste africano e foi levado por volta de 1640 para a colônia de Virgínia, na condição de trabalhador não remunerado, situação idêntico a de muitos colonos brancos. Porém, ele fugiu para Maryland e foi capturado, tendo como punição trabalhar como escravo o resto da vida, o que leva muitos historiadores a considerá-lo como sendo o primeiro afro-americano escravizado, uma vez que já se encontrava nessa condição mesmo antes do advento das leis que regulamentaram a escravidão na Virgínia. Punch teve filhos com uma mulher branca, que herdaram dela a condição de livres, dentre os quais estava John Bunch, que teve seu sobrenome alterado e é provavelmente um antepassado da mãe de Obama. 

Esse estudo genealógico, porém, surpreendeu ao mostrar que Obama provavelmente descende de um escravo, mas do lado da sua mãe branca. 

Os pais de Obama conheceram-se enquanto frequentavam a Universidade do Havaí em Manoa, onde seu pai era um estudante estrangeiro. Casaram-se em 1960, no estado do Havaí, onde o matrimônio entre pessoas de cores diferentes não era proibido. O casamento entre negros e brancos era proibido em mais da metade dos estados americanos na época. A mãe de Obama faleceu de câncer nos ovários em 1995, quando Obama tinha 34 anos.

Em 1992, casa-se com Michelle Obama. Com quem possui duas filhas: Malia Ann e Natasha.

Obama venceu em 26 de janeiro de 2008 com uma larga vantagem as primárias do partido democrata na Carolina do Sul, onde recebeu o dobro dos votos da senadora Hillary Clinton, devido ao grande apoio recebido dos negros que representam metade dos cidadãos que foram votar.

Em 28 de agosto de 2008, Obama foi nomeado oficialmente para concorrer à Casa Branca contra o republicano John MaCain.

Devido sua história pessoal (pai negro, mãe branca e padrasto asiático) é visto por muitos como um unificador, alguém que consegue transpor a barreira racial.

Em 4 de novembro de 2008, foi eleito presidente dos Estados Unidos, derrotando John McCain.

Obama se tornou o segundo presidente mais votado do mundo com 69,4 milhões de votos, e o presidente mais votado da história dos EUA.

Barack Obama conquista o segundo mandato histórico.

No dia 6 de novembro de 2012, Obama venceu claramente a eleição presidencial dos Estados Unidos contra o republicano Mitt Romney ao conquistar com 51 anos, um segundo mandato histórico à frente da maior potência mundial, mesmo enfrentando uma crise social e econômica sem precedentes desde os anos 1930. Fonte: Mais informações procurem o site do Wikipédia.







Por: Ernani Serra
Pensamento: Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado.
Rui Barbosa