Leitores Online

12 de fev de 2013

A Traição das Privatizações


Existem interesses ocultos que hoje já está se tornando muito claro, só não enxerga quem não quer ver, desde os primórdios do descobrimento do Brasil que os nativos brasileiros e índios foram manipulados pelos portugueses, holandeses, franceses e ingleses que assaltaram as riquezas do Brasil.

Houve a independência fraudulenta em benefício de Portugal que na saída do imperador saqueou todo ouro dos cofres do Banco do Brasil levando para Portugal e ainda, deixou o Brasil na dependência financeira do FMI inglês. O Brasil sempre na dependência de capitais estrangeiros: sugando, escravizando e monopolizando; o país sob a direção e administração desses capitais, foi dessa forma que nunca fomos livres e independentes, sempre fomos e seremos colônias enquanto houver políticos alienados ao capital estrangeiro.

O Brasil está igual aos países africanos, esses países sem cultura e tribais, que foram conquistados a força e submetidos à escravidão dos conquistadores modernos que dominaram esses povos negros que continuam na miséria social, enquanto o seu país africano contém toneladas de ouro, diamantes etc., que estão sendo pirateados pelas indústrias extrativistas para o enriquecimento dos países do primeiro mundo e o que estão dando ao seu povo? Fome e miséria, morte lenta, verdadeira tortura. 

Quando se fala nas riquezas do Brasil os políticos ficam: cegos, surdos e mudos; e o que é que dão aos brasileiros em troca dessa pirataria? Cachaça, prostituição, carnaval, malandragem e futebol para que esse povo não se politize e nem reivindique aos políticos os seus direitos na herança da natureza. Se os políticos amassem mesmo esse país jamais deixariam que essas riquezas saíssem contrabandeadas, mas eles se tornaram coniventes com esses furtos naturais e nacionais, e fazem como Pilatos fez, “lavou as mãos”.

Com as riquezas que o Brasil sempre teve, jamais precisaria tomar empréstimos aos bancos internacionais e o seu povo teria o melhor status do mundo que invejaria todas as potências estrangeiras, mas, infelizmente, a mentalidade desse povo é manipulada por políticos antinacionalistas que entravam à educação, a saúde, a segurança pública, o saneamento básico... Tudo que possa dar a nação ordem e progresso. O nosso “progresso” é uma fraude, tudo está controlado por capitais estrangeiros até a política, portanto, todo o progresso é dos estrangeiros que estão se infiltrando e dominando o país e no futuro a nação miscigenada brasileira não existirá no comando nacional, só existirá a nação dos imigrantes que vai controlar tudo e todos.

Começaram a entregar o país quando privatizaram as riquezas naturais e seus acessos de escoamento, nenhuma riqueza em mãos do governo dão lucros só dá déficit, mas, quando passa para as mãos dos estrangeiros só dão lucros, isso mostra que existem algo errado (corrupção) por trás dos bastidores políticos, agora estão dizendo que a PETROBRÁS está dando déficit, isso é uma manipulação, mais um motivo para o andamento da privatização, que já não era nacional, é uma nacional sob fiscalização e intervenção internacional, agora estão maquiando o balanço da PETROBRÁS para forçar a venda política “privatização”.

Países sem nenhuma riqueza como Japão, Inglaterra e muitas outras nações estão vivendo muito melhor economicamente e financeiramente do que os países que têm riquezas. É porque esses países vivem bem à custa da má gestão dos países subalternos e colonial, como o Brasil e África; com a importação das riquezas alheias explorando a má administração corrupta da política do terceiro mundo e dos países emergentes. 

Quem ficou rico com a extração do ouro em Serra Pelada? Os garimpeiros não ficaram e ninguém sabe onde toneladas de ouro foram parar. Os garimpeiros trabalharam como escravos e pouco ganharam na exploração. Os brasileiros sempre escravizados.

O Brasil está acorrentado aos interesses internacionais e os políticos a mercê desses interesses antinacionais e o povo sofrendo as consequências dessa politicagem intervencionista.






Por: Ernani Serra 
Pensamento: Quem dá o que tem a pedir vem. Quem empresta nem para si presta. Quem procura acha
Provérbio Popular