Leitores Online

15 de mar de 2013

Negociata


O Programa Minha Casa, Minha Vida, ou está se tornando uma propaganda enganosa; uma entrega a mutuários com indicação política; ou uma negociata entre corretores e a rede bancária; que está financiando os imóveis do governo como se fosse um imóvel privado. 

O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal estão financiando casas do programa do governo através de corretores, ou seja, o promitente comprador vai ao local escolhe o imóvel e depois vai à empresa ou ao corretor que faz a intermediação com a rede bancária do governo, que por sua vez, só faz o financiamento se o imóvel da Minha Casa, Minha Vida de acordo com os bairros tem o seguinte valor: 

Socorro e Recife o imóvel tem o valor de R$ 145.000,00;
Olinda o imóvel tem o valor de R$ 170.000,00.
O mutuário tem que dar um sinal de entrada de 10% sobre o valor do imóvel, ou seja:
Socorro e Recife a entrada é de: R$14.500,00
Olinda a entrada é de R$ 17.000,00.

Para depois dividir o resto em prestações mensais.

Se o promitente comprador for maior de idade (acima dos 65 anos) a rede bancária não aceita fazer o financiamento por não ser viável há agiotagem. Enquanto a lei da Minha Casa, Minha Vida dá aos idosos e deficientes uma quota de 3% que a rede bancária do governo não tomou conhecimento.

Quando o mutuário reclama dessa irregularidade a funcionária da Caixa Econômica Federal o manda telefonar ou ir para CEHAB que é um órgão do governo estatal que não tem nada haver com o programa do governo federal.

O pior é que ninguém sabe onde se pode comprar uma casa nesse programa governamental que está se tornando uma propaganda enganosa e uma politicagem na mídia. 

Pela lei da Minha Casa, Minha Vida esses imóveis deveria ser vendida em 36 meses, a preços baixos para pessoas de baixa renda como diz a lei desse programa, e não por financiamentos superfaturados pela rede bancária que demonstram uma negociata corrupta.  Apesar de eles acharem que estão fazendo a coisa certa.

O certo seria que a rede bancária do governo fizesse a transação direta com os clientes na venda dos imóveis com apresentação de catálogos mostrando-os por dentro e por fora os imóveis e seus respectivos valores dos imóveis, com as prestações tudo bem claro para o adquirente, e não essa enganação ou politicagem privilegiada de eleitores de cabrestos.

Tudo indica que estão sabotando o programa do governo para fazer a negociata particular.






Por: Ernani Serra 
Pensamento: Que vantagem tem os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade.
Aristóteles