Leitores Online

30 de mai de 2013

Genocídio Social

 

Estamos num mato sem cachorro, quem deveria proteger o povo brasileiro não está fazendo nada para salvar essa nação, ao contrário, estão favorecendo todo tipo de coisas que possam prejudicar o povo e o país.

Estão querendo exterminar o povo através das drogas que antes eram proibidas e agora estão sendo vendidas nas vias públicas aos olhos da polícia que não faz nada para reprimir os vícios. Chegou ao que queriam os políticos e autoridades, oficializar as drogas, como houve resistência da sociedade contra essa oficialização, os traficantes fizeram a oficialização clandestina ao seu modo, deu certo e está em vigor.

É dessa forma que está havendo o genocídio da sociedade brasileira para abrir brechas para os estrangeiros e multinacionais.

As nações indígenas estão na mira dos agropecuaristas que desejam exterminar e tomar suas terras para plantar e para exportar. O governo quando quis neutralizar os índios mandou expedições para conquistar as tribos, e essas expedições enganavam os índios com panelas, facões, espelhos... Quinquilharias outras, e na sua ingenuidade os silvícolas foram sendo dominados pelos brancos como foram no tempo da colonização do Brasil pelos jesuítas e depois foram fuzilados pelos soldados da Corte Portuguesa, os índios não estão sendo fuzilados, mas, foram contaminados pelos vírus da gripe humana e milhares de índios morreram sem nenhuma assistência médica.

O governo está enganando os índios com a demarcação de terras que quando houver interesse por essas terras, ninguém vai respeitar as demarcações. Estão viciando os índios nas drogas pesadas para exterminar essa etnia e se apoderar das terras no futuro. O governo deveria não só demarcar essas terras, como deveria dar assistência técnica, proteção, educação e ajuda agropecuária para que essas tribos pudessem sobreviver harmoniosamente.

No Nordeste do Brasil a seca está matando os rebanhos e o governo não está dando nenhuma assistência àquela população, só quem está ajudando é o povo arrecadando comida, mantimentos e sacas de rações para os bovinos, os nordestinos estão vivendo da caridade pública.

No Estado do Mato Grosso está havendo um choque com a polícia e índios, porque o juiz determinou um mandato de reintegração de posse das terras em litígio entre índios e fazendeiros, nesse confronto com a Polícia Federal já houve uma morte de um índio.

Os índios eram felizes quando vivia nu na selva, o homem branco só trouxe infelicidade e morte para os índios. Cadê a FUNAI e a Polícia Federal que não ajuda os índios? É um dever da FUNAI em proteger e dar assistência aos aborígenes, mas infelizmente, não dão porque os índios não tem dinheiro, são pobres. A lei do capital é de quem tem mais capital.




Por: Ernani Serra
Pensamento: O Exército pode passar cem anos sem ser usado, mas não pode passar um minuto sem estar preparado.
Rui Barbosa