Leitores Online

14 de mai de 2013

Segurança Zero


Menor assaltou passageiros e violentou uma mulher em plena luz do dia. Ele confessou o crime e afirmou estar drogado e arrependido, diz o delegado.

Brasil – O suspeito de estuprar uma mulher durante assalto a ônibus da linha 369 (Bangu – Carioca), na sexta-feira (03/05/2013), no Rio de Janeiro, foi detido na manhã desta terça-feira (07/05). O estupro ocorreu por volta das 15h30m de sexta-feira.

     AMERICANA FOI ESTUPRADA DENTRO DE VAN EM MARÇO
O caso ocorreu com uma turista que foi estuprada dentro de uma van quando seguia da Zona Sul para a Lapa. Quatro suspeitos participaram da ação, que aconteceu no dia 30/03/2013. A jovem que é americana, estava com o namorado, um jovem francês. O casal ficou quase seis horas em poder de uma quadrilha de tarados, sendo torturados física e psicologicamente. A jovem foi estuprada seguidas vezes por três homens e um adolescente. A jovem, em estado de choque, embarcou no dia seguinte para os Estados Unidos. O namorado ainda ficou por alguns dias para identificar os criminosos. Todos foram presos.


Em outro caso semelhante, ocorrido em 15/02/2012, uma menina de doze anos foi vítima de um estupro dentro do ônibus da linha 162 (Glória-Leblon), da Viação São Silvestre.

     Comentário
Nas vésperas da Copa das Confederações que vai começar esse evento no dia 15/06/2013, e também, próximo da Copa do Mundo em 2014, o Brasil apresenta um quadro negativo das forças auxiliares da segurança pública que não tem uma estratégia de prevenção aos crimes. Os bandidos primários e condenados estão soltos por ordem de juízes que interpretam as leis em favor dos delinquentes, e não veem o perigo do lado social indefeso e de vidas inocentes em mãos criminosas.

Os turistas que quiserem se arriscar a vir para esses eventos esportivos no Brasil, é por conta e risco de cada um deles, porque os crimes, e criminosos andam soltos a praticarem todo tipo de aberrações como se a vida do outro não valesse nada.

A polícia só age quando o crime acontece e prendem os assassinos que logo estarão em liberdade por conta de nossas leis e juízes que fazem questão de julgar as leis ao pé da letra e que, a sociedade se exploda nas mãos dos criminosos.

Não é só crimes de estupros, temos também uma infinidade de crimes como: assaltos à mão armada, sequestros, arrastões (grupos de bandidos roubando as vítimas), em praias, edifícios, restaurantes, roubos com mortes (latrocínio), onde as vítimas indefesas e sem reagir são executadas a queima roupa (homicídio doloso). 

A criminalidade no Brasil está uma barbaridade, ninguém está a salvo desses terroristas sociais, eles não respeitam as câmaras de seguranças, (para esses delinquentes não existem seguranças), não temem a nada, porque nesse país não existem leis que os intimidem ao contrário só existem impunidades. 

Essa onda de criminalidade e de bandidagem não ocorre só no Rio de Janeiro e nem em São Paulo, ocorre em todos os Estados do Brasil, se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.

Se a vida aqui é um risco constante para quem reside neste país, pior é para quem vem de fora (estrangeiros) que trazem dólares e euros e uma bagagem rica que são cobiçados logo que chegam aos aeroportos e portos pelos ladrões. Não existem prevenções ao crime.

O crime no Brasil tem suas vantagens para os políticos corruptos que não querem se arriscar em fazer leis severas para não cair nelas; e a justiça também não quer, porque os advogados e juízes vivem usufruindo financeiramente em defesa de bandidos. Salvem-se quem puder.



 
Por: Ernani Serra 
Pensamento: A Justiça e os políticos brasileiros estão tendo os bandidos que merecem.
Ernani Serra