Leitores Online

12 de ago de 2013

Paula Fernandes


PAULA FERNANDES DE SOUZA nasceu em Sete Lagoas, no dia 28 de agosto de 1984, é uma cantora, compositora, arranjadora e filantrópica brasileira. Foi considerada, segundo pesquisa de uma revista, uma das pessoas mais influentes da América Latina. Ela é considerada a 16ª “mulher mais sexy do mundo”.

     ANTES DA FAMA
Paula Fernandes nasceu em Minas Gerais, começou a cantar com oito anos de idade e lançou seu primeiro álbum independente aos dez anos, em disco de vinil. Aos doze anos, mudou-se com a mãe, o pai e um irmão mais velho para São Paulo em busca de oportunidades e foi contratada por uma companhia de rodeios, com a qual viajou por todo o país e aprendeu muito sobre palcos. Nesta época, se apresentou em festas e casas de espetáculos de sua cidade e arredores e participou de programas de televisão e rádio para divulgar o trabalho. Em Sete Lagoas, Paula apresentou o programa de rádio “Criança Esperança” e a boa atuação a levou a participar de vários números autorais no programa “Paradão Sertanejo” da TV Band Minas. O segundo álbum, Ana Rayo, foi inspirado no sucesso da novela A História de Ana Raio e Zé Trovão. Dificuldades na carreira fizeram com que, aos 18 anos, desistisse da carreira artística e voltasse para Belo Horizonte sem dinheiro para nada. Gastamos tudo o que tínhamos. Cada um de nós teve de morar na casa de um parente. 

Cursou Geografia em Belo Horizonte e, paralelamente, tocava e cantava em barzinhos.

     O SUCESSO
Após gravar o sucesso Ave Maria Natureza para a telenovela América, da Rede Globo, lançou um CD com diversos estilos musicais, embora com ênfase em sertanejo romântico – Canções do Vento Sul. Por esse álbum, foi indicada ao Prêmio TIM de Música Brasileira de 2006, na categoria de melhor cantora do mundo.

Em 2007 fez uma apresentação vocal com a orquestra Sagrado Coração da Terra do compositor Marcus Viana interpretando a música tema da Novela Pantanal. A partir daí, Paula Fernandes consolidou-se como uma cantora de bela voz, muito eclética chegando a gravar músicas em inglês e popular.   Participou de vários eventos e foi homenageada com medalhas e títulos de honra e participou de várias trilhas sonoras de novelas.

Paula Fernandes superou um milhão de cópias em seis meses ficando em primeiro lugar. De acordo com a revista Forbes o último álbum de Paula Fernandes vendeu mais de um milhão e meio de cópias no Brasil.   A turnê em 2012, teve um ano e meio de duração, foi considerada a melhor turnê brasileira pelo prêmio multishow de música. Passou por vários países dentre eles: Brasil, Espanha, Portugal, Cabo Verde, Angola, Estados Unidos, Itália e Suíça.

Paula Fernandes brilhou no especial de Natal do Rei Roberto Carlos, fez com que o rosto de Paula se tornasse definitivamente conhecido. No entanto, com certeza já haviam ouvido sua voz nas trilhas de novelas de que participou. “As pessoas conhecem a minha voz, mas ainda estão descobrindo meu rosto”.

     FILANTROPIA
Paula Fernandes em 2013 destinou metade do arrecadamento das apresentações em solo Africano às ações sociais em Angola e Cabo Verde. No Brasil, a cantora ajuda a manter uma ONG localizada em sua cidade natal, que usa terapia com cavalos (equoterapia) para auxiliar o avanço no quadro de pessoas com deficiências. 

     RETROSPECTIVA
Ela fez um balanço positivo de todos os seus momentos, mesmo os mais complicados, e lembra com carinho da infância humilde. “Sei que queimei etapas de infância e da adolescência por causa do trabalho, mas tudo valeu a pena. Hoje, tenho tranquilidade financeira, tenho minha casa, o carro que gosto, se quiser viajar, posso. Nunca passei fome, mas vivi muitas dificuldades. Nem um cachorro, que era o meu sonho, eu podia ter. Mesmo assim, acho que tive a melhor infância que uma criança pode ter, totalmente rural”.

E é para o interior que ela gosta de ir quando tem seus dias de folga. “Gosto de andar descalça, correr na terra, usar camiseta e coque no cabelo. Tenho orgulho de ser pé vermelho, de conhecer bem o sertão”.

Mesmo mantendo seu lado moleca, ela afirma que amadureceu muito depressa, por causa do trabalho. O que deixou um lado carente: “Troquei as bonecas pelo violão, e só tive o primeiro namorado aos 19 anos. Eu era tão verdinha quanto uma menina de 13 anos. Tive dois namorados até hoje e tive a sorte de eles terem sido sensíveis, valorizando a minha pureza. Sou forte, decidida, mas preciso de um parceiro, quero um colinho...”.

Paula é da filosofia de que tudo tem seu momento para acontecer. Por isso, diz que espera um amor com tranquilidade: “Os encontros devem acontecer pela pureza. O trabalho e o sucesso não compensam a falta de um amor. Quero um grande amor, sim. Sou muito apaixonada”. Fonte: Sites da Internet.




Por: Ernani Serra 
Pensamento: O sucesso é um dom de Deus é uma trilha iluminada que vem com o nome de destino. As pessoas vêm para este mundo já com um destino traçado, ninguém foge do destino.
Ernani Serra