Leitores Online

15 de out de 2013

Estória da Carochinha


Marcelo Gleiser explica o Bóson de Higgs ou partícula de Deus. Marcelo Gleiser nasceu no Rio de Janeiro em 19 de março de 1959, é um físico, astrônomo, professor, escritor e roteirista.

O Bóson de Higgs foi predito primeiramente em 1964 pelo físico britânico Peter Higgs, trabalhando as ideias de Philip Anderson.  Entretanto, desde então não houve condições tecnológicas de buscar a possível existência do bóson até o funcionamento do Grande Colisor de Hádrons (LHC) em meados de 2008.

Os cientistas se baseiam em hipóteses e cálculos químicos querendo descobrir os segredos do Universo.

Quando contamos uma estória a algumas pessoas em poucos dias ou horas essa mesma estória está totalmente destorcida da originária. 

O que eles sabem da história do homem a milhões de anos atrás? Nada. Porque não têm nenhuma prova concreta, só conjetura de mentes fantasiosas dentro da ciência. 

Agora vêm os cientistas demonstrar a criação do Universo e a origem dos seres vivos e do homem inteligente, através de teorias químicas, de transformações biológicas que se fossem verdadeiras estariam se transformando até hoje, ou imaginárias de milhões e milhões de anos sem nenhum fundamento. Eles fazem demonstrações sobre o Universo como se lá estivessem naquele momento histórico universal. Eles afirmam que o Universo não tem organização é um mundo desgovernado. Isso não é verdade. O Universo é totalmente organizado e harmonioso, se não fossem, os planetas estariam sem órbitas e colidindo uns com os outros.

O homem quer ser o próprio Deus. A máquina de Acelerador de Partículas (o Grande Colisor de Hádrons) que o homem criou com a intenção de descobrir alguma coisa, ou talvez a criação ou origem de uma criatura viva (o homem) se tornou um fiasco, pois até agora não chegaram a nada, a única coisa foi um bombardeamento de átomos ou partículas sem nenhum efeito criador.   Gastaram bilhões de dólares numa máquina que não criou nada e fizeram de alguns países emergentes como o Brasil de otários, pois, o Brasil está dando dez milhões de reais por mês para serem simplesmente sócios sem nenhum direito em descobertas industriais, (iniciativa do governo de Dilma Rousseff) para serem sócios dessa “organização científica” com a intenção de minimizar os seus déficits orçamentários, mas sem nenhuma ação positiva do Brasil nessa engenhoca maluca e bilionária que vem emprenhando o povo pelo ouvido com essas ideias sem nenhuma comprovação científica, só imaginária. Por isso, é que se diz que todos os cientistas são doidos varridos. 
 
Tentaram criar ou descobrir a origem da vida com essa máquina que fracassou. Deus é Deus, o homem será sempre o homem.  Ninguém saberá nada sobre o Universo principalmente através da Ciência, é mais fácil o homem descobrir alguma coisa através do seu próprio EU.

 


Por: Ernani Serra
Pensamento: A mentira é um manto esfarrapado e curto, que não consegue jamais esconder a verdade. A mentira é como uma baforada de fumo que logo se desmancha no ar.
Coelho Neto