Leitores Online

4 de out de 2013

Libertem os Ativistas do Greenpeace


A brasileira Ana Paula Maciel será mantida em prisão preventiva por dois meses após protesto pacífico.

Na manhã do dia 18 de setembro, dois ativistas do Greenpeace foram presos enquanto protestavam contra a exploração de petróleo no Ártico, na plataforma Prirazlomnaya, da Gazprom, no Mar Pechora, na costa russa.

Eles ficaram detidos a bordo de um navio da Guarda Costeira Russos, sem acusação ou representação legal.

No dia seguinte, com armas em punho, a Guarda Costeira Russa entrou ilegalmente no navio de campanhas do Greenpeace, Arctic Sunrise, enquanto ele ainda navegava em águas internacionais, e prenderam 30 ativistas que estavam a bordo. 

Entre os tripulantes está à brasileira, Ana Paula Alminhama Maciel, de 31 anos, que está conosco desde 2006. Por isso, estamos solicitando a urgente libertação de todos os ativistas, a imediata retirada da Guarda Costeira navio e o fim da exploração de petróleo offshore no Ártico, permanentemente.

Os leitores deste Portal de Crônicas podem ligar para as Embaixadas ou para os Consulados do Rio de Janeiro e São Paulo para pedir a libertação da nossa ativista Ana Paula e seus amigos e companheiros.

     Embaixada da Rússia: (61) 3223-3094/4094
     Consulado Geral da Rússia em São Paulo: (11) 3814-4100
     Consulado Geral da Rússia no Rio de Janeiro: (21) 2274-0097
     Entre no site: www.salveoartico.org.br

DERRETIMENTO DO GELO NO ÁRTICO
O gelo do Ártico, do qual todos nós dependemos, está desaparecendo rapidamente. Nos últimos 30 anos, perdemos três quartos das calotas polares.

Por mais de 800 anos, o gelo do Ártico é um elemento permanente do oceano. Ele está derretendo por causa do uso de combustíveis fósseis e, em um futuro próximo, o Ártico pode ficar sem gelo pela primeira vez desde que os humanos pisaram na Terra. Isso seria devastador não só para os ecossistemas locais, como ursos polares, narvais, morsas e outras espécies que vivem lá, mas também para o resto do mundo. O gelo no topo do mundo reflete muito do calor do Sol de volta para o espaço e, assim, mantém todo o nosso planeta resfriado, estabilizando os sistemas climáticos dos quais dependemos para cultivar alimentos. Proteger o Ártico significa proteger a todos nós. Fonte: Site do Greenpeace.

Comentário
Vamos ajudar na libertação de todos os ativistas pacificadores que estão na prisão da Rússia e que foram presos de maneira indevida, pois estavam em águas internacionais e isso fere a lei internacional de navegação marítima.

Os ativistas do Greenpeace não são bandidos e nem terroristas para serem tratados como pessoas perigosas pela Rússia e muito menos usam armas, as suas armas são reivindicações e invasões pacíficas para protestarem contra as arbitrariedades que estão fazendo com pessoas, animais e meio ambiente. A Rússia não gostou com a aproximação dos barcos do Greenpeace se aproximando da plataforma de extração de petróleo e foram logo abordando os seus barcos com armas em punho e os fazendo presos. Os ativistas querem que o mundo usem outros tipos de combustíveis não poluentes.
Por acaso isso é crime?                                                      




Por: Ernani Serra
Pensamento: Nunca faças o que te desagrada ver fazer a outros.
Tales de Mileto