Leitores Online

18 de nov de 2013

Presos alguns do Mensalão


Se os bandidos e criminosos no Brasil que foram condenados a 200 anos de detenção, já foram encontrados livres pelas ruas e que são pessoas simples sem nenhuma influência, quanto mais os poderosos de colarinho branco; acreditam que vão passar esses anos na cadeia?

O Henrique Pizzolato já fugiu para a Itália se livrando da prisão em regime fechado, facilitaram a vida dele deixando cruzar a fronteira Brasil/Argentina e de lá conseguiu uma 2ª via do passaporte no Consulado da Itália.

Já o José Genoíno teve pressão alta e agora o advogado está pedindo a prisão em regime domiciliar, mais um escapando pela tangente.

Calma povo! não se alegre com essas prisões de políticos importantes não vai dar em nada, em alguns meses todos estarão em casa, passeando com suas famílias. 

Se os pés-rapados condenados conseguem sair das penitenciárias; por que os importantes não conseguem com nossas leis frágeis, inoperantes e obsoletas, comprometidas com a impunidade?    Isso seria uma injustiça para os nobres do Mensalão, deixarem esses coitadinhos mofando nas celas dos presídios. Isso também é dois pesos e duas medidas. Para uns a lei funciona e para outros não funcionam, isso é injustiça. Se houvesse justiça de verdade às leis criminais estariam atualizadas de acordo com o progresso da nação e punindo com rigor todos os criminosos, mas o Congresso Nacional não quer que a justiça seja para todos, tem que ser frágil e ter escapatórias para condenar uns e libertar outros, mesmo sendo culpados.

Todos do Mensalão estão injustiçados, apenas roubaram o dinheiro da nação, tantos já fizeram isso, ainda continuam fazendo e ninguém se revoltou, nem foram presos com esses delitos criminosos, mas quando um ladrãozinho qualquer rouba um celular na rua o povo se revolta e lincha até a morte. Quem rouba a nação prejudica todo o país, é mais criminoso do que um ladrão de celular, batedor de carteira etc. O povo também não sabe fazer justiça.

Já houve roubos muito maiores nesse país do futebol e do carnaval com pessoas importantes e não deu em nada, continuam no poder roubando mais. Estão fazendo tempestade num copo d’água, aproveitou esse pequeno roubo, desses políticos do Mensalão, com relação a muitos outros já cometidos, (bem maiores e espetaculares) para transformar esse show de repercussão nacional e internacional num ato de justiça e fizeram desses réus os bodes expiatórios, desse amontoado de documentos processuais; mais um espetáculo na mídia para encobrir com uma falsa justiça o que outros já fizeram com mais gravidade e estão impunes.

O certo seria confiscar todos os bens materiais e financeiros dentro e fora do país e deixa-los só com uma modesta casa de três quartos num subúrbio, esse sim, seria o maior castigo para os corruptos, eximi-los do conforto. Esse seria o melhor castigo para os solapadores das riquezas monetárias do país. Deixa-los livres mais sem eira nem beira.

Quem tem coragem para fazer isso?   Ninguém, porque 99,9% da população brasileira são corruptas. Se fossem julgar na íntegra os bandidos e criminosos teriam que fechar todas as fronteiras do Brasil com um muro penitenciário, e o país seria o maior presídio do mundo.

Agora, querem aparecer no julgamento do Mensalão como se houvessem justiças no Brasil.





Por: Ernani Serra 
Pensamento: Os ricos farão de tudo pelos pobres, menos descer de suas costas.
Leon Tolstoi