Leitores Online

20 de dez de 2013

Aeronáutica e Governo


O governo brasileiro anunciou hoje a escolha do Gripen NG. A oferta apresentada ao governo brasileiro pela Saab inclui o Gripen NG, os subsistemas para Gripen NG, um pacote extenso de transferência de tecnologia, pacote de financiamento e um acordo bilateral de colaboração entre os governos do Brasil e da Suécia

O anúncio será seguido de um período de negociações com a Força Aérea Brasileira para a compra de 36 caças. Depois deste período, um acordo poderá ser alcançado entre a Saab e o Brasil e uma ordem de compra do Gripen NG será feita.

Estou muito orgulhoso da confiança depositada pelo governo brasileiro no Gripen NG. A Saab acredita que o anúncio de hoje representa um forte compromisso do governo brasileiro e estamos ansiosos para fornecer para a Força Aérea Brasileira o caça líder mundial e com melhor custo-benefício. Além disso, este anúncio é muito importante para a colaboração entre Brasil e Suécia. Nós estamos preparados para iniciar a colaboração industrial como planejado, com os seus efeitos positivos para a indústria brasileira, diz Hakan Buskhe, CEO da Saab.

Caso o Brasil adquira o sistema Gripen, estará se unindo aos seguintes países que já o operam hoje: Suécia, África do Sul, Hungria, República Tcheca, Tailândia e o UK Empire Test Pilot School (ETPS). A Suíça também escolheu o Gripen como seu futuro caça. Entre agosto e setembro de 2013, ambas as câmaras do Parlamento Suíço votaram sim para a compra do Gripen. Um referendo sobre a compra está programado para ser realizado em 2014. Fonte: PODER AÉREO www.aereo.jor.br

Comentário
Estou boquiaberto com esse governo de Dilma Rousseff, será que essa presidente é mágica e está tirando de sua cartola em vez de coelho, só tira dólares. Esse governo é uma verdadeira fábrica de dinheiro nacional e estrangeiro, até agora não fez nada pelo povo, só tem feito pelos estrangeiros

Por todo dinheiro que o Brasil tem gastado em: obras inacabadas e algumas acabadas, corrupções, compras de armamentos, aplicações de bilhões de dólares na Bolsa de Valores... Nós já estaríamos numa sociedade igual ou melhor do que a Suécia e os países escandinavos, mas ao contrário, tudo isso só está levando o povo a se tornarem mais miseráveis através da: inflação que está crescendo dia a dia, os salários está diminuindo inversamente a inflação, e a nossa moeda se tornando mais fraca (sem valor), e o povo ficando sem eira nem beira

Estamos caminhando (com relação ao povo brasileiro) para trás, quando deveríamos começar a desenvolver a nação e depois o país, não, estamos interessados a se tornar uma potência tecnológica direcionada aos interesses internacionais contrariando os interesses nacionais de um povo nativo.

Se nosso povo brasileiro nato estivesse numa situação social, econômica e financeira equilibrada, se igualando a própria Suécia, então deveríamos ter um país bem armado. 

Para sermos um país bem armado deveríamos ter as nossas próprias indústrias de manufaturas e não como estamos fazendo exportando as matérias primas em estado bruto. 

Cada vez que compramos armamentos sofisticados ficamos nas mãos dos bancos internacionais.

Não vai acontecer com a parceria da Saab e a Embraer o que aconteceu com a Engesa. A Engesa era do governo e nada do governo prospera só dá déficit na balança de pagamentos. A maior parte das ações (60%) vai ficar nas mãos da Saab e 40% é da Embraer, portanto, é mais da Suécia do que do Brasil, a Suécia vai usar a mão de obra barata dos brasileiros através do Real fraco e também da matéria prima nacional que é muito abundante e barata também. São mais vantagens para a Suécia do que para o Brasil. Como sempre.

O Brasil não tem nenhuma beligerância com nenhum país do mundo, os inimigos do Brasil é a máfia do narcotráfico, de armas, contrabando de ouro, pedras preciosas, matéria prima, madeiras, minérios do solo e subsolo, essas são as chagas do Brasil

Aviões de caça de última geração para que? Para se defender de quem?   Esses aviões não servem para defender o povo dos contrabandistas que estão destruindo toda a sociedade com drogas e violência, os inimigos do Brasil é interno, está entre o próprio povo que se digladiam pela própria sobrevivência e pelo governo incapaz de dar o necessário para o bem estar desse povo. 

Agora quer aparecer como uma potência armamentista tupiniquim, todo o país que trilham pelo caminho das armas é fadado a se tornarem um país miseravelmente pobre.

Quando um país se tornar uma potência social, aí sim, deve se tornar uma potência armamentista. 

Hoje, o arsenal principal para um país se tornar uma potência bélica é preciso ter: Centenas de mísseis, muitos aviões de guerra de última geração e muitos submarinos nucleares, isso é primordial para a defesa de um país em guerras modernas com outros países, o resto é supérfluo é complemento.

Esses aviões em vinte ou trinta anos se tornam sucatas (ferro velhos) e esse dinheiro vai para o ralo, que poderia ter sido investido na educação, na saúde e em tecnologia científica pacífica para o bem estar do povo, vai se tornar ultrapassados no tempo e no espaço.

O Brasil precisa é de militarizar todas as fronteiras para impedir a entrada de armas e drogas, esses são os inimigos reais que o Brasil deve enfrentar para conter a escalada de todos os vícios e dar a sociedade uma vida digna

Esses aviões não servem para combater esse tipo de crime organizado, isso é jogar dinheiro no lixo, quando temos outras prioridades mais importantes. Não está havendo interesse de combater os vícios ao contrário, o Uruguai já tornou a maconha livre. A Bolívia é fornecedora de cocaína e o Brasil de maconha em alguns Estados. Esses são os inimigos do Brasil e do mundo.




Por: Ernani Serra
Pensamento: O meu ideal político é a democracia, para que todo homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado.
Albert Einstein