Leitores Online

6 de dez de 2013

Homenagem Póstuma - Nelson Mandela


Nelson Rolihlahla Mandela (nasceu Mvezo, em 18 de julho de 1918 e faleceu em Joanesburgo em 5 de dezembro de 2013). Mandela era um dos treze filhos de Nkosi Mphakanyiswa Gadla Mandela com Nosekeni Fanny, a terceira esposa de seu pai. Na sua casa moravam também muitos outros meninos, e dependentes da família. Seus pais eram analfabetos.

Foi um advogado, líder rebelde e presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado como o mais importante líder da África Negra, ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993, e Pai da Pátria da moderna nação sul-africana. 

Até 2009 havia dedicado 67 anos de sua vida à causa que defendeu como advogado dos direitos humanos e pela qual se tornou prisioneiro de um regime de segregação racial, até ser eleito o primeiro presidente da África do Sul livre, razão pela qual em sua homenagem, a Organização das Nações Unidas instituiu o Dia Internacional Nelson Mandela no dia de seu nascimento, como forma de valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia.

Nascido numa família de nobreza tribal, numa pequena aldeia do interior aonde possivelmente viria a ocupar cargo de chefia, abandonou este destino aos 23 anos ao seguir para a capital Joanesburgo e iniciar atuação política. Passando do interior rural para uma vida rebelde na faculdade, transformou-se em jovem advogado na capital e líder da resistência não violenta da juventude em luta, acabando como réu em um infame julgamento por traição, foragido da polícia e o prisioneiro mais famoso do mundo, após o qual veio a se tornar o político mais galardoado em vida, responsável pela refundação do seu país em moldes de aceitar uma sociedade multiétnica.

Mandela foi criticado muitas vezes por ter traços egocêntricos e por seu governo ter sido amigo de ditadores que foram simpáticos ao Congresso Nacional Africano (CNA). Em seu foro íntimo, enfrentou dramas pessoais e permaneceu fiel ao dever de conduzir seu país. Foi o mais poderoso símbolo da luta contra o regime segregacionista da Apartheid, sistema racista oficializado em 1948, e modelo mundial de resistência.

No dizer de Ali Abdessalam Treki, Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas, “um dos maiores líderes morais e políticos de nosso tempo”. Fonte: Wikipédia.

Comentário
Nelson Mandela foi um obstinado por um ideal de liberdade e amor pelo seu povo, foi um herói e um mártir dessa revolução pacífica que lutou pela causa de uma vida melhor e livre dos negros africanos, e pela união das raças, sem discriminações e sem preconceitos.



Por: Ernani Serra
Pensamento: Sonho com o dia em que todos se levantarão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos.
Nelson Mandela