Leitores Online

10 de dez de 2013

Massacre na Arena


Como o próprio nome está dizendo e os estádios estão sendo chamados de ARENA, é bem adequado para os gladiadores das arquibancadas que vão aos jogos de futebol não para torcer por seus clubes como seres civilizados e sim, como bárbaros, se digladiando em nome dos clubes de futebol. 

Essas torcidas organizadas que tomam como rivais (os escudos e cores dos clubes) como pretextos para suas índoles violentas e sanguinárias, não são torcedores são bandidos.

Essas pessoas que vão aos estádios de futebol armados de canos de ferro, paus com ponta de pregos e outros tipos de armas mortais, não são torcedores, são quadrilhas organizados com má intenção, de espancar, ferir e matar. 

Essas pessoas já saem de casa com o propósito de brigar e matar uns aos outros dentro das arenas futebolísticas.

Não têm nem como classificar e nem qualificar essas pessoas de má índole, são bárbaros sem noção, são verdadeiros fanáticos e sádicos criminosos que saem de suas residências com intenção de ferir e matar os seus semelhantes. 

Esse sadismo futebolístico lhes dá prazer no seu âmago perverso e com pensamentos sombrios vão às arenas como se fossem os gladiadores modernos.

Essas torcidas organizadas têm um chefão do crime que fomentam as brigas nas arquibancadas.

Enquanto esses “torcedores” se matam e agridem uns aos outros nos estádios e só ganham ferimentos e prisões, os jogadores estão ganhando o seu dinheiro e não estão nem aí para esses baderneiros.

Fanatismo é sinônimo de ignorância e bestialidade.

Estamos às vésperas da Copa do Mundo e os estádios de futebol não têm nenhuma segurança capaz de impedir essas cenas de barbárie. Será que a Copa do Mundo de 2014 vai se realizar em plena paz? Só o tempo dirá.

Os estudantes e politiqueiros estão programando passeatas no período da Copa do Mundo, para denegrir a imagem do Brasil.



Por: Ernani Serra
Pensamento: É preferível que seu inimigo superestime a sua estupidez do que sua esperteza.
Ditado Popular