Leitores Online

3 de jan de 2014

Fraude nas Plataformas


As exportações recordes de plataformas de petróleo em 2013 salvaram a balança comercial de um déficit bilionário. As vendas de sete plataformas trouxeram US$ 7,734 bilhões ao país, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Sem esses recursos, a balança comercial brasileira teria fechado 2013 com um déficit de US$ 5,173 bilhões

As vendas desse item específico geraram polêmica no ano passado porque, apesar de serem compradas em dólares por empresas sediadas no exterior, as plataformas não deixam o Brasil.

Isso acontece devido ao Regime Aduaneiro Especial de Exportação e Importação de Bens Destinados à Exploração e à Produção de Petróleo e Gás Natural (REPETRO), criado em 1999, e que torna vantajosa a compra da plataforma por subsidiárias no exterior de petroleiras baseadas no Brasil. Em seguida, a plataforma produzida no Brasil é alugada à petrolífera brasileira e, dessa forma, nunca chega a cruzar a fronteira.

As vendas de plataformas em 2013 – todas da Petrobras – foram tão significativas que o valor é maior do que a soma das plataformas exportadas até então. Entre 1999 e 2012, entraram pouco mais de U$ 4,5 bilhões no Brasil decorrentes dessas vendas. Fonte: Site ECONÔMICO Valor.

Comentário
O (REPETRO) foi criada com o intuito de fraudar a balança comercial dando estatisticamente valores fictícios e prejudicando a economia brasileira.

Belo negócio está fazendo o Brasil, gastamos bilhões de dólares para construir uma plataforma para depois vender a uma estrangeira que não recebe o produto e esse mesmo produto fica na Petrobras. Será que esses bilhões de dólares sobre essa venda fantasma de plataformas chegam mesmo aos cofres do Brasil? Ou são simples artifícios para equilibrar a balança comercial brasileira?

Estamos fazendo papel de otários, construindo plataformas para subsidiárias estrangeiras que estão sendo proprietárias das plataformas pelo sistema de leilões e que, a Petrobras quase não tem nenhumas ações ordinárias e quando têm são menores do que as ações das estrangeiras que chegam a mais de 51%, portanto, a Petrobras não manda em nada e nem tem direito a veto é uma simples fornecedora de bens gratuitos.

Tudo isso não passa de um engodo para enganar a balança comercial e o próprio povo. 

A balança comercial em 2013 foi maior do que em 1999 e 2012 porque os dólares desses dois anos estavam mais baixos e em 2013 aumentou todas as despesas através do dólar em alta, portanto, deu um enganoso lucro nas vendas das plataformas em 2013.

A fraude está em “vendermos” essas plataformas que é nossa a compradores estrangeiros e depois temos que alugar essas mesmas plataformas quando deveríamos estar operando como proprietários, mas não, ficamos na dependência de capitais estrangeiros e que no decorrer dos anos estaremos pagando três ou quatro vezes os valores dessas plataformas em forma de aluguel que não sai barato. 

Tudo isso são artifícios para burlar o fisco, depois o governo quer prender os sonegadores de impostos no comércio quando o próprio governo vive a criar meios escusos com o beneplácito apoio da “legalidade” e conivência internacional (REPETRO); o Brasil não cresce e nem amadurece mesmo, está sempre sendo manipulado por capitais estrangeiros e enganando os brasileiros como: o petróleo é nosso! Nossa uma ova é dos estrangeiros mesmo.

Toda essa transação ilegal e imoral é de entrega gratuita dos bens e riquezas do solo e subsolo nacionais. Vejam sós: Vendemos uma coisa que já é nossa e construída por nós e depois, vamos alugar esses mesmos bens que no futuro vão ultrapassar os valores das compras atuais, portanto, essas plataformas vão sair a médio ou longo prazo de graça para as empresas extrativas estrangeiras que adquiriram em leilões o direito de explorar o petróleo e ficar com as plataformas de graça.

O Brasil não está vendendo o país e nem a nação a varejo está entregando de mãos beijadas de graça aos estrangeiros e nacionalizando como multinacionais. 

Quem vai sofrer as consequências é o povo. Aguardem. Fiquem quietos como um cordeirinho que vai para o sacrifício.



Por: Ernani Serra
Pensamento: O Demônio não soube o que fez quando criou o homem político; enganou-se, por isso, a si próprio.
William Shakespeare