Leitores Online

3 de abr de 2014

Paliativos


São vergonhosas essas intervenções nos morros do Rio de Janeiro para a implantação das UPPs, tudo isso não passa de publicidade política. Invadiram alguns morros e instalaram o policiamento militar e hoje, os bandidos continuam no tráfico de entorpecentes nesses morros e enfrentando os policiais a bala.

Se quisessem mesmo acabar com o tráfico de drogas e armas nessas comunidades carentes deveriam ocupar todos os morros, prendendo todos os marginais e acabando com o tráfico de drogas, mas não, ocupam dois ou três morros e deixam o resto para os bandidos fazerem os quarteis do crime organizado.

O incrível acontece, as autoridades estão anunciando com antecedência que vão invadir o morro da Maré no próximo domingo, as 06h15min de (30/03/2014) como se estivesse comunicando aos bandidos essa ocupação militar e dizendo a todos eles: Fujam para não serem pegos. 

As autoridades estão com medo dos traficantes ou estão se tornando coniventes com o crime, mas uma comunidade que está sendo “pacificada”.

Enquanto deixam os bandidos fugirem para outros morros e formarem bandos criminosos, jamais haverá paz nessas comunidades, tudo não passa de uma farsa e um paliativo.

Não existe o interesse de acabar com essas organizações criminosas que têm o apoio de grandes traficantes que ficam no anonimato, fornecendo dinheiro, armas, drogas a esses testas de ferro; se o tráfico fossem dos miseráveis dos morros já tinham acabado com esse comércio, mas existem muitos poderosos de colarinho branco por trás desses miseráveis, manipulando como se fossem marionetes.



Por: Ernani Serra 
Pensamento: Quem comete uma injustiça é sempre mais infeliz que o injustiçado.
Platão