Leitores Online

23 de abr de 2014

Racionamento


As autoridades políticas do Brasil não veem que há muitos anos atrás as barragens estavam secando por contingência das secas periódicas naquelas regiões e, por que não tomaram as devidas providências naqueles períodos iniciais para evitar que as barragens ficassem secas? Gastaram bilhões de dólares em obras inacabadas como a transposição do Rio São Francisco e muitas outras, sem falar nos bilhões de dólares jogados na Bolsa de Valores que sumiram no buraco negro; quando poderiam ter resolvido o problema das secas naquelas barragens com as construções de: 

Usinas de dessalinização montadas em plataformas sobre o mar (como as plataformas de petróleo) para desaguar nos reservatórios com a água já tratada e potável pronta para sua distribuição aos usuários ou então, com uma bomba de sucção para levar a água salgada até as barragens e depois é que seriam dessalinizadas por uma usina no local para enviar água potável para a população. 

Outra solução menos onerosa seria a utilização de poços artesianos em toda cidade e periferia para abastecer a população de imediato através do aquífero; para evitar o colapso de energia elétrica só tem uma saída, é transpor a água do mar diretamente para as barragens para que as usinas hidrelétricas não parem de funcionar e isso seria uma catástrofe que geraria uma desordem social e afetaria a segurança nacional. Já estamos sentindo no cotidiano as insatisfações da população que geram violências, crimes, desordens, barbárie, depredações e vandalismo etc. Só não veem a iminência de uma revolução são os políticos que estão gerando essas insatisfações na sociedade.

Agora vem com essa de racionamento jogando os seus problemas para a população e criando leis para punir com taxas e impostos sufocando ainda mais o povo que vem sendo esmagado e oprimido com tantos tributos exigidos para assegurar o funcionamento do Estado falido e entregue aos interesses internacionais.

Racionamento de água e energia é paliativo atuam nos efeitos e não nas causas, esses políticos não estão nem aí para o que vem depois, se houver a falta total de água nesses reservatórios, açudes etc. é o apocalipse.  

Se as Forças Armadas não tomarem uma posição dentro da sociedade com urgência, quando houver o levante da turba, nem as armas vão controlar esse povo que se vão tornar monstros e bárbaros, que já vem acontecendo todos os dias, isso já é uma preliminar, e ninguém tomam as devidas providências para sanar essa criminalidade brutal que está acontecendo no Brasil por falta de leis severas e por impunidade jurídica. Quando essa turba soltarem os seus monstros interiores ninguém os controlarão mais, e o Brasil será um palco de sangue e destruição. Salvem-se quem puder. Por falta de um grito se perde uma boiada.



Por: Ernani Serra
Pensamento: Não se faz justiça com injustiças
Ernani Serra