Leitores Online

14 de ago de 2014

Homenagem Póstuma


Eduardo Campos candidato a presidência do Brasil morreu na manhã desta quarta-feira (13/08/2014) em um acidente aéreo em Santos, o presidenciável iria para um evento na cidade de Santos chamado SantosExport e o jato deu pane e caiu na altura do número 136 da Rua Alexandre Herculano, nas imediações do Canal 3, a cerca de sete quadras da praia. Morreram ao todo sete pessoas no jato, não houve sobreviventes.

Foi uma perda lamentável para todos os brasileiros, principalmente para sua querida família, o Brasil amanheceu hoje de luto pelo falecimento de um ilustre estadista de 49 anos, um jovem político que poderia ir longe à sua carreira, pois tinha competência para chegar onde queria.

O piloto talvez estivesse querendo chegar à praia que estava tão perto para evitar cair no meio habitacional como é de praxe, mas não deu.     A felicidade é que não houve vítimas fatais nas residências só morreram o pessoal do jato, foi um verdadeiro milagre só haver sete vítimas que lamentamos muito.

A morte é traiçoeira, cruel e insensível, ninguém escapa dela, ontem Eduardo Campos estava dando entrevista na rede Globo de Televisão cheio de vida e sonhos, hoje pela manhã acontece essa terrível, lamentável e estúpida morte, um pesadelo. A sua família está arrasada com a perda do ente querido.

Foi um choque para todos os brasileiros ao saber da morte de Eduardo Campos que Deus o tenha em Sua Misericórdia Divina. Os links abaixo completam o texto da crônica:







Por: Ernani Serra 
Pensamento: Todos vão morrer um dia mais ninguém se conforma com essa passagem para o desconhecido. Vamos do mesmo jeito que viemos do nada para o nada, do microrganismo para o microrganismo, da matéria para o éter. Ainda tem gente querendo ser alguma coisa neste mundo. 
Ernani Serra