Leitores Online

3 de ago de 2014

Quem avisa Amigo é


O Brasil está passando por uma crise econômico-financeira e social por causa das inúmeras obras finalizadas ou paralisadas ao mesmo tempo, obras faraónicas e verdadeiros elefantes brancos. Só quem não enxerga esse tsunami que está chegando é o governo federal, para esse governo é uma marola que vai passar logo, está tudo sob controle, vamos ver no futuro. Para os políticos não tem crises nem inflação porque ganham milhares de reais.

Quem puder fazer algumas economias procure fazer logo, pois, como é óbvia, a crise está se estendendo rapidamente como se fosse um vírus mortal, temos uma inflação na porta e um atrofiamento no poder aquisitivo dos trabalhadores que a cada dia vai ficando um anão nos seus bolsos que não dá para nada, nem para sobrevivência, é miséria social mesmo.

A crise vai aumentar a partir de 2015, 2016 e ninguém sabe quando vão parar, as pessoas devem procurar desde já comprar o mínimo possível fazendo economia nos gastos, procurando comprar o essencial em suas listas, e apagar os desnecessários e os de luxos, se não fizer isso, vai terminar no SPC e no SERASA com cartões de créditos bloqueados e dívidas crescendo vertiginosamente nos juros das empresas verdadeiras bolas de neves.

As indústrias esse ano (2014) estão se retraindo em suas compras de equipamentos e produções, portanto, isso vai ocorrer em aumentos nos produtos manufaturados aumentando a crise. Se há uma retração na produção industrial haverá também uma falta no mercado desse produto.

O Governo Federal deu com uma mão aos consumidores de energia elétrica um pequeno abatimento por alguns meses atrás, agora, está tirando com duas, isso é, vai aumentar muito as taxas de energia elétrica para o consumidor, porque o governo vai subsidiar as empresas privadas em seus déficits, sacrificando o povo como sempre, o povo é quem está governando e financiando as dívidas das multinacionais da eletricidade pública desse Brasil sob intervenção estrangeira. Se o governo entregou a responsabilidade da eletricidade pública ao setor privado multinacional e que, através de (licitação e leilões) que ferem a soberania nacional, portanto, o Brasil não tem nada de subsidiar empresas que estão gastando mais do que devem, isso é sangrar o pobre povo brasileiro. Se essas empresas não tem competência para administrar as suas obrigações que deem a outras essa responsabilidade, ou o governo desfaça o contrato, faça nova licitação e leilão para outras empresas do ramo, que não é correto, essas obrigações essenciais públicas são da responsabilidade governamental e não privado, é dessa maneira que o governo está governando o Brasil sem nenhuma responsabilidade, tudo está nas mãos do setor privado multinacional que estão mandando no país.

A água também vai haver aumentos por causa das cheias e das secas nos reservatórios no sudeste, norte, nordeste etc. mais impostos, taxas nas costas do povo trabalhador que ganham miséria de Salário Mínimo enquanto parlamentares enriquecem com dinheiro público, verdadeiros marajás, que os otários do povo os elegem para sangrar os cofres da nação. O povo tem o governo que merecem. O povo se vende com a propaganda política eleitoral de cartões: Bolsa Família, Transporte, Minha Casa minha Vida etc. Tudo isso é uma campanha governamental eleitoreira para manter os eleitores nos cabrestos e deixa-los alienados aos verdadeiros problemas nacionais.



Sem falar nos aumentos de combustíveis que irão elevar à inflação as nuvens numa verdadeira avalanche ou efeito dominó e muitas outras taxas e impostos no bolso dos contribuintes.

O governo vai sempre ter uma desculpa para aumentar tudo.
 
Depois das eleições os cordeiros vão botar as suas garras de fora e o leão vai matar sua fome nas carnes do povo. Não adianta chorar o fumo vai entrar e o povo vai se ferrar.




Por: Ernani Serra
Pensamento: Quem muito se abaixa aparecem às nádegas e se tornam capachos, serviçais.
Ernani Serra