Leitores Online

9 de set de 2014

Batalhão de Engenharia de Construção (1º BEC)


A região do Seridó está de parabéns em ter recebido em 1955 as instalações do 1º BEC que vem construindo e desenvolvendo as cidades do sertão. O 1º BEC construiu uma ponte sobre o rio em Caicó-RN, e vem dando assistência social a todas aquelas cidades principalmente no período de secas, como a que aconteceu em 1958, muitas cidades não se tornaram fantasmas por causa da ação humanitária do Exército abastecendo hospitais, escolas etc. de água potável. Deu também empregos burocráticos aos civis daquela região no seu quadro de pessoal.

O açude de Gargalheiras em Acari-RN foi uma grande obra de engenharia desse grande batalhão (1º BEC). Antes, duas empreiteiras civis fizeram que iriam construir o açude: o primeiro recebeu uma verba milionária e desapareceu, o segundo chegou a colocar britas na área e logo desapareceu com o dinheiro Federal; o Exército quando recebeu a incumbência de construir aquele açude terminou com menos da metade de cada verba da primeira e segunda empreitada que os engenheiros civis roubaram da nação, mostrando os militares a sua competência e honestidade  em suas ações, os oficiais e subalternos todos estão de parabéns com aquela grande obra de engenharia.

Se a obra de transposição do Rio São Francisco tivesse entregado em seu todo ao Exército já teria terminado e com muito menos do valor inicial das verbas às empreiteiras civis. A parte que o Batalhão de Engenharia do Exército recebeu já foi concluída dentro do prazo estabelecido, se houve algum pequeno atraso na transposição foi por conta do Governo Federal que não passou as verbas em tempo hábil.

As estradas federais construídas pelo Batalhão de Engenharia do Exército Brasileiro são as de melhores qualidades. As estradas federais construídas por empreiteiras civis são as piores por haver muitas corrupções que deixam muito a desejar a qualidade daquelas estradas, mas quem manda nesse país são os políticos que não se importam se estão ou não roubando a nação.

Toda região do Brasil que têm a assistência dos Batalhões de Engenharia do Exército são regiões privilegiadas, estão os civis sobre a proteção de uma corporação cujo lema é: Por vezes construir às vezes destruir mais sempre servir. É um belo lema de guerra e paz. Minhas homenagens aos Batalhões de Engenharia do Exército Brasileiro. Meus parabéns.






Por: Ernani Serra
Pensamento: Que sorte para os ditadores que os homens não pensem.
Adolf Hitler