Leitores Online

8 de out de 2014

Os Isolados e os Invasores Criminosos


Enquanto o Governo Federal não criar Batalhões de Fronteiras para impedir o contrabando de madeiras, petróleo, pedras preciosas etc. O Brasil vai continuar um país sem fronteiras, sem dignidade, abandonado, desrespeitado, sem leis e sem identidade política, onde todos os invasores entram e saem impunimente cometendo crimes hediondos aos povos nativos e vão pelas florestas em busca de Mogno (madeira de lei, que está na lista da extinção), para revender internacionalmente que já é um crime ambiental contrariando as leis nacionais; e outro crime é a matança de índios nativos daquela região que ficam expostos a fúria dos invasores ambiciosos que não respeitam nenhuma lei, sem falar nas doenças que o homem branco transmite para aqueles povos inocentes, puros de coração, sem maldades e com corpos sem nenhum anticorpo resistente as doenças do homem branco.

Isso é uma monstruosidade de homens ambiciosos que entram nas florestas onde não existem leis e fazem as suas próprias leis criminosas contra o meio ambiente e contra os povos indígenas.    Isso acontece no anonimato do crime por não ter autoridades que os possam reprimir em suas fúrias diabólicas, nesses ambientes longínquos a lei é do mais forte e ninguém nas grandes cidades que se dizem civilizadas fazem alguma coisa para punir esses acelerados do crime que continuam destruindo tribos e o meio ambiente. 

Salvem os índios porque são pessoas como nós somos. Nós “civilizados” e eles selvagens e isolados ao Deus dará. Até quando seremos criaturas insensíveis ao sofrimento alheio?






Por: Ernani Serra 
Pensamento: É triste pensar que a natureza fala e que o gênero humano não a ouve.
Victo Hugo