Leitores Online

16 de nov de 2014

Conspiração de Lesa-Pátria


A Petrobras sempre foi à menina dos olhos do governo federal, “era a mais honesta”, o governo botava a mão no fogo pela Petrobras. 

Foi através da Petrobras que o governo federal lançava mão do pre-sal, para vender em leilão, e retalhou o pré-sal em fatias para cobrir os rombos de outros débitos, e daí em diante a economia do país foi ficando cada vez mais frágeis e a Petrobras ficando no vermelho. O Brasil está envolvido num lamaçal de corruptos e corruptores. 

O Governo Federal entregou o pré-sal brasileiro que valia 1,5 trilhão de dólares pela ninharia de R$ 15 bilhões, palavra da presidenta quando disse que privatizar o pré-sal seria um crime que o governo não hesitou em cometer. O mesmo fez com a refinaria sucateada dos Estados Unidos jogando dinheiro no lixo. Parece até uma conspiração contra o progresso e desenvolvimento do Brasil, que não querem que se torne uma potência e sim, uma colônia dos imperialistas e capitalistas estrangeiros. Já não bastam o ouro, tungstênio, ferro e outros minerais, pedras preciosas, madeiras etc. sendo contrabandeados para outros países, e ainda querem exterminar o povo brasileiro através das drogas.

Em 2012 foi o ano que Guido Mantega aplicou bilhões de dólares na Bolsa de Valores por semana e em pouco tempo acabou com toda a reserva de trilhões de dólares que o Brasil dispunha e daí em diante a inflação começou a surgir. 

Em contrapartida a Presidência da República começou a gastar bilhões de reais em obras inacabadas e superfaturadas em que, ninguém foi preso e nem confiscaram os bens dos ladrões do erário público para cobrir os déficits da União. Não sei como faziam tantas obras ao mesmo tempo, parecia que existia uma varinha mágica para fabricar tanto dinheiro dentro do país. Hoje, o dinheiro se foi e o povo é que está pagando os rombos dos ladrões através de uma inflação com recessão e ainda pagando indevidamente a má gestão das empresas internacionais (ou multinacionais) de eletricidades que chegam as casas, (nas contas de energia elétrica), com taxas elevadas e sufocando o povo. Isso o governo não vê que o povo está com a corda no pescoço por falta de administração pública, governamental e corrupção generalizada.

Agora descobrem tardiamente que a Petrobras está cheia de vampiros e abutres acabando com os royalties, dólares, e reais da empresa petrolífera que já foi do Brasil agora é mais dos estrangeiros. Será que vão prender os bandidos de colarinho branco e confiscar todos os bens para cobrir o rombo das negociatas?  

Tudo indica que há um complô para impedir que o país cresça para os brasileiros e esses traidores são os próprios políticos que governam o Brasil. 

Estão construindo obras: rodovias, ferrovias, portos, aeroportos de qualidade para um escoamento rápido das riquezas do Brasil.      Enquanto isso, as rodovias, ferrovias, portos, para o serviço de passageiros o governo não tem dinheiro para construir nem melhorar.

Não tem dinheiro para melhorar a saúde, a educação, a segurança nacional, o saneamento básico etc. nada disso é importante para os governantes porque vai beneficiar o povo brasileiro. As cheias, as secas são climáticas mais é de responsabilidade do homem mudar essas situações naturais, hoje, temos tecnologias avançadas para controlar a natureza, mas não é importante porque o povo é mestiço, e quando mandam verbas paliativas para o combate as enchentes e secas é para os políticos se apossarem delas e o povo continua na miséria sem eira nem beira. 

Agora vem com essa conversa de prender os agiotas, políticos e do setor privado como corruptos e corruptores que fizeram as negociatas por baixo do pano na Petrobras. Isso não é privilégio da Petrobras, isso já vem acontecendo em todas as obras, serviços, concorrência pública, de empresas estatais e privadas, essas manobras são mais antigas do que a prostituição brasileira.  

Estão desvalorizando de propósito o real em favor do dólar supervalorizado para que os minerais, os manufaturados, os commodities, sejam exportados em grandes quantidades (toneladas) a preço de quase nada, é uma maneira de desvalorizar a economia do país para beneficiar os importadores estrangeiros e também os turistas gringos que chegam com poucos dólares e fazem a farra aqui dentro do país que encontram o real na pindaíba, no fundo do poço, sem nenhum valor.   Enquanto os turistas gozam o povo sofre com a manipulação e incompetência governamental.

Com o dólar em alta crescente só vai criar um comércio em decadência a beira das falências e que, com isso, vai abrir novas oportunidades para o comércio exterior invadir a praça nacional. 

O que está havendo é uma Lesa-Pátria generalizada.

Infelizmente o nosso povo se deixam emprenhar pelo ouvido através de promessas que nunca se cumprem e nem há interesses de cumprir, o interesse é de enganar o povo crédulo.










Por: Ernani Serra
Pensamento: Como nenhum político acredita no que diz, fica sempre surpreso ao ver que os outros acreditam nele.
Charles de Gaulle