Leitores Online

24 de dez de 2014

Natal


Esse é o dia da natalidade de Jesus Cristo, que veio ao mundo para dar à mensagem a humanidade de amor e paz…

Esse mensageiro da alma humana sabia que a humanidade, precisava mesmo naquele tempo de uma doutrina verbal, e peregrinava em todas as cidades do Oriente Médio levando a oratória da pacificação e do amor. Como Ele dizia: que o seu reino não era da Terra. Como um espírito evoluído e iluminado estava trazendo as boas novas do seu reino espiritual e semeando aqui na Terra. Como uma energia brilhante deixou as suas pegadas bem vivas e fluorescentes e em tudo que tocava reflorescia de uma energia muito poderosa que transcende ao imaginário humano. Fez milagres materiais, mas, o mais importante seria o milagre da transformação da alma humana, onde Ele fracassou porque os homens não lhes deram ouvidos, tanto é, que, os torturaram e crucificaram numa mancha torpe de uma sociedade que já vinha sendo a muito corrompida pelos vícios. O Cordeiro de Deus não poderia ser compreendido pelos chacais do Império Romano repleto de vícios e pecados, e até hoje, a sua palavra se transformou numa Bíblia que está mercenariamente sendo lida pelos fieis e propagada em terreno árido, pois, até agora ninguém trilhou no caminho de Jesus Cristo e seu nome é propagado em vão, como está escrito entre os dez mandamentos.  

Não foi um político, nem um doutrinador religioso, nem um filósofo, apenas um homem humilde e de bom coração que queria que, os que ouvissem se tornassem mais humanos e menos bárbaros. 

Foi um pregador incansável para doutrinar a alma humana, deu a sua vida em prol do bem estar e da salvação da humanidade, que rejeitou a salvação. 

Cristo veio ao mundo não para ver que a sua palavra foi transformada pela Religião Católica numa mensagem de Guerra Santa, porque não foi essa a mensagem e sim, a de paz. Não foi para transformar o que disse em festejos, com bebidas e muitos alimentos nos lares abastados. 

Ele pediu à humanidade que amassem uns aos outros e dividissem os alimentos com os mais pobres e famintos; essa seria a verdadeira festa que a humanidade daria para Cristo, num mundo melhor para todos. 

A humanidade está até se esquecendo do dia de sua natalidade, mudando o sentido religioso para o comercial com a imagem do Papai Noel, a humanidade está se esquecendo do nascimento do Cristo.

Essa humanidade é muito hipócrita que só se confraternizam num dia convencional e comercial a cada ano, quando Jesus Cristo desejaria que todos os dias fossem de confraternização e ajuda ao próximo. 

Só no dia 25 de dezembro é que todos se fantasiam na imagem fraterna do Papai Noel e se esquecem do nascimento de Jesus, pois, todos dão presentes uns aos outros como se fossem criaturas boas, mas não se comportam como tal, durante os outros dias do ano.

Cristo deve estar muito triste com essa humanidade de duas caras e nada fazem de bom e nem tiraram o melhor de suas lições na Bíblia.

Cristo jamais voltará para a Terra porque só tem ódio nos corações dessa humanidade, que diz uma coisa e faz outra, faça o que eu digo e não faça o que eu faço, essa é a ética no cotidiano. 

No dia que o Cristo voltar vai ser humilhado, desacreditado, preso, condenado e fuzilado ou enforcado, ou decapitado como está em moda na sociedade. Será novamente trocado pelos Barrabás.





Por: Ernani Serra
Pensamento: Para alguém que tenha fé, nenhuma explicação é necessária. Para aquele sem fé, nenhuma explicação é possível.
Tomás de Aquino