Leitores Online

1 de jan de 2015

Ameaça Internacional Silenciosa


Estou pasmo ao analisar nesses últimos séculos os acontecimentos da História Universal. 

Comecemos com a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) que na época era a toda poderosa e inimiga número um dos países capitalistas, vivia numa Guerra Fria de competições tanto armamentistas quanto espaciais. Era o terror do Regime Democrático Capitalistas do Ocidente. E de repente, houve a queda do império comunista (golpe de Estado em 1991) que desejava se tornar uma Ideologia Universal com a mesma Ideologia Nacional Socialista Universal de Hitler; a toda poderosa URSS se rendeu ao Regime Capitalista Ocidental de maneira esdruxula, irracional, sem sentido pátrio, foi uma invasão silenciosa, uma lavagem cerebral, como se fosse um povo robótico que se desligou de um regime e passou para outro, sem dar um só tiro, sem que houvesse um só grito de revolta, ao contrário toda a nação concordou e apoiou essa mudança repentina e o pior, pelo próprio regime que se achava tão poderoso, e era na época; que se dissolveu de uma hora para outra, de maneira surreal, inacreditável, o mundo ficou surpreso nunca tinha acontecido uma rendição total dessa maneira incompreensível na História da Humanidade. Jamais o mundo iria imaginar uma rendição de uma nação que estava em primeiro plano em tecnologia armamentista, científica e espacial. A maior arma do homem é o cérebro e sua astúcia, as pessoas pensam que o armamento é indispensável para a conquista do homem sobre o homem, quem derruba as grandes potências sãs os milhões de cabeças pensantes, estão querendo derrubar várias potências através da corrupção.

Agora estamos vendo o inverso acontecendo no Continente Sulamericanos em que os regimes capitalistas estão sendo politicamente substituídos, tragados, gradativamente por outro, de ideologia inversamente proporcional aos seus ideais.

Antes, aconteceu em que o capitalismo foi penetrando suavemente nas economias do Continente Sulamericanos, os países foram perdendo o seu amor próprio e sem sentir: as suas riquezas, as economias, as finanças, a dignidade de um povo, só restou apenas a podre política que os deixaram entrar e dominar tudo.

Já não fazem as Forças Armadas como as de antigamente que iam as ruas e defendiam o povo. O nacionalismo das Forças Armadas só está nos ensinamentos das casernas e nas Escolas Militares, mas em suas ações não existem mais. Está no ditado popular: “Faça o que eu digo e não faça o que eu faço”. 

A corrupção é a maior ideologia que a humanidade já viveu e está vivendo, foi ela que derrubou a URSS e agora está minando e apodrecendo as raízes dos países sulamericanos

Na íntegra não existem: Repúblicas, Democracias, Comunismo, Nacionalismo etc. Só existe uma máfia organizada que manipula todos esses regimes e derrubam aqueles que estão contra essa organização mafiosa. Na mira estão o Irã e a Coreia do Norte e já estão sendo minados pela máfia organizada da política corrupta.  

Os comunistas estão usando a mesma arma que os capitalistas usaram na URSS, ou seja, propinas, corrupção, capital, e derrubaram a mais poderosa das nações da URSS.  

O capital é o poder, é a arma universal que derruba qualquer política nacional e internacional com auxílio dos mafiosos que alienam a população com: drogas, prostituição, armas, bebidas alcóolicas, propinas, inúmeras vantagens sociais, e muitas outras maneiras de escravizar o povo. 

Os países capitalistas se não cuidarem logo poderão cair nas mesmas armadilhas que armaram no passado. 

Tivemos uma revolução ou golpe de Estado em 1964 que derrubou uma tentativa de golpe de esquerda através de brasileiros subversivos e entreguistas; por um golpe militar de direita também entreguista, quando deveriam ser puramente nacionalistas. No Brasil não existem amor a Pátria e sim, uma gangorra política, é por isso que os políticos ganham fortunas (verdadeiros Marajás) não se importando com a miséria do povo. A fartura política é para manter a nação oprimida e a mercê dessa política seja ela: de direita, centro, de esquerda, ou da organização criminosa mafiosa.






Por: Ernani Serra
Pensamento: A política... Há muito tempo deixou de ser ciência do bom governo e, em vez disso, tornou-se arte da conquista e da conservação do poder.
L. Bianciardi