Leitores Online

18 de abr de 2015

Ostentação


A ostentação é uma síndrome da paranoia de pessoas que tem muito dinheiro e muitas delas ganharam de maneira muito fácil e rápida e, portanto essas pessoas se tornam imaturas e perdem a sua personalidade para conviver com essas fortunas. 

Têm pessoas bilionárias que vivem com suas fortunas de maneira discreta, com conforto, mas sem dar publicidade, vivem como pessoas normais. 

Essas pessoas que tem paranoia da ostentação fazem de suas fortunas uma maneira de alardear poder e sentem prazer na publicidade mundial, querem que todos conheçam o poder que têm através de suas riquezas e isso sobe a cabeça, dão prazer e se acham um deus sobre a terra, mostrando o que muitos poucos conseguiram neste mundo. 

Essas pessoas não querem diminuir nem pisar a maioria da humanidade, o que tem é um prazer incontrolável que sentem no seu interior ao mostrar que são superiores e conseguem coisas que a maioria da população não consegue. 

As pessoas que se acham poderosas se tornam pessoas fúteis ao expor ao público todo o poder de sua fortuna. São pessoas exibicionistas que sentem prazer de ostentar riquezas. 

Existem os antigos ricos e os novos ricos
Os antigos ricos são aqueles que já nasceram em berço de ouro, receberam heranças familiares, enriqueceram a custa de trabalho e suor, tiveram sorte em nascerem ricos. Essa classe de ricos são pessoas que não deixaram a riqueza subir a cabeça e alucinar as suas ideias, pois já estão acostumados a viver nesse status, são pessoas anônimas que fazem questão de não ostentar nenhum luxo, vivem confortavelmente.

Os novos ricos são os oportunistas, os que enriqueceram ilicitamente, que tiraram o bilhete milionário na sorte grande, que se casou com cônjuges milionários, os que traficaram e ficaram ricos da noite para o dia, os que fizeram extorsão de propinas... Já essa classe de gente amostrada, são pessoas em sua totalidade que vieram das periferias das capitais, foi pobre e passaram necessidades, de repente se veem cheias de dinheiro e não sabem conviver com a nova realidade e surtam com o tesouro, fazem asneiras, ficam deslumbradas, gastam o dinheiro com futilidades como: boca rica cheia de ouro e até pedras preciosas (brilhantes) para ornamentar sua boca orgulhosa, colares e correntes pesados do melhor ouro, brincos com pedras preciosas, roupas de grife valiosas, gastam fortunas em festas das mil e uma noites, carros e lanchas de luxo, mansões bilionárias, armas foleadas a ouro pelos bandidos e muito mais, só para aparecerem nas mídias como pessoas que nunca comeram mel e agora estão se lambuzando. 

Com tanta ostentação na mídia vai ajudar o governo a fiscalizar a vida dessas pessoas que se acham importante e soltar o Leão do Imposto de Renda para devorar, alimentar e engordar o felino dos impostos. Os amostrados merecem a mordida do leão para deixarem de ser otários. 

Esses novos ricos não têm amigos têm pessoas interessadas em explorar e conviver com a fama do ostentado e aparecer na mídia, caiam em desgraça para ver que aqueles bandos de aves de rapina (“amigos”) levantam voo e os deixam roendo à miséria.









Por: Ernani Serra 
Pensamento: A ostentação é como uma miragem no deserto, o que entra fácil sai fácil e rápido. 
Ernani Serra