Leitores Online

10 de set de 2015

Rio Tietê - Rio Morto


É lamentável que numa região onde o povo paulista esteja sofrendo a escassez de água potável, exista um rio perene com águas que infelizmente não serve para ninguém, por causa da poluição urbana e industrial que está deixando esse manancial que poderia ser tão rico e hoje, é simplesmente uma lixeira hídrica e imprestável para qualquer uso de seres vivos. É um rio morto, fétido e altamente poluído.

Se as autoridades políticas do Estado de São Paulo e do Governo Federal fossem políticos responsáveis já teriam resgatado esse rio para uma situação de uso dessas águas para beneficiar o povo paulistano. Bastariam que usassem na cabeceira, no meio e no fim de toda a extensão desse rio um laboratório de limpeza (SABESP) dessas águas e um aprofundamento (dragagem) em toda a extensão do rio, para limpar o leito do rio e evitar que o rio transborde e provoque enchentes e prejuízos a toda população atingida. 

Esse rio poderia fornecer a toda população de São Paulo uma água potável de qualidade, desde que, canalizassem os esgotos fecais e industriais para outro laboratório de limpeza fora do rio Tietê e essas águas poluídas e tratadas serviriam para as indústrias e para a lavagem de carros, solos e descargas domésticas. Não se pode tratar uma água para consumo humano onde haja esgotos domésticos e industriais que contaminam com metais pesados, é por isso, que se deve tratar separadamente a água poluída do rio Tietê da água poluída com esgotos fecais e industriais, cada uma com uma função específica de uso.

Essas poluições de espumas brancas e negras que enchem de vergonha o rio Tietê e toda população de São Paulo são reflexos de uma má gestão do governo estadual e federal que não tomam as devidas providências para melhorar a situação da população. 

Para sanar essa situação de calamidade pública os políticos não têm verbas, mas, para a propaganda eleitoral, para desviar dinheiro público e outras maracutaias aparecem e desaparecem as verbas como se fossem passes de mágicas.

Essa região do rio Tietê chove bastante e as águas pluviais são desperdiçadas por não ter uma canalização para o rio Tietê e seu aproveitamento de despoluição.     





Por: Ernani Serra
Pensamento: O nível da poluição ambiental no planeta é igualado à burrice dos homens.
Edy Gahr